sábado, 28 de fevereiro de 2009

Copa do Brasil: Histórico do Americano

Confiram também os números do Americano de Campos, que derrotou o Santa Cruz no jogo de ida, 2x0. A melhor participação do time fluminense foi em 2004, quando se deparou com outra equipe do Estado, o Sport e se deu bem. José Renato Sátiro, parceiro do Blog dos Números, apresenta um resumo das participações do Americano e onde o time chegou em 7 edições disputadas, confiram: Em 7 participações o Americano foi eliminado na Primeira Fase em 5 oportunidades. Sua melhor campanha aconteceu em 2004, quando eliminou Sergipe e Sport nas primeiras fases, e foi eliminado pelo XV de Novembro de Campo Bom nas Oitavas de Finais. HISTÓRICO ANO A ANO 2000: 54° colocado (69 equipes participantes) 2001: 63° colocado (64 equipes participantes) 2002: 32° colocado (64 equipes participantes) 2003: 37° colocado (64 equipes participantes) 2004: 14° colocado (64 equipes participantes) 2005: 48° colocado (64 equipes participantes) 2006: 33° colocado (64 equipes participantes) RESUMO HISTÓRICO 18 Pontos Ganhos 17 Jogos Disputados 5 Vitórias 3 Empates 9 Derrotas 30 Gols Pró 39 Gols Sofridos -9 de Saldo de Gols 35,29% de Aproveitamento dos Pontos Disputados arte: Paulo Chapox

Copa do Brasil: Histórico do Moto Club

O parceiro José Renato Sátiro em seu blog (Clique AQUI) traz algumas curiosidades sobre as campanhas históricas dos clubes nacionais nas mais diversas competições disputadas, entre elas a Copa do Brasil. Aproveitando o momento, fomos dar uma conferida em um dos adversários dos pernambucanos, o Moto Club, que enfrenta o Náutico na quarta-feira. Acompanhem os números do excelente trabalho do José Renato: Em 8 participações o Moto Club passou pela Primeira Fase em apenas duas oportunidades em 2003 e 2005, quando eliminou, respectivamente, o Ríver do Piauí e o Rio Branco do Acre. Em suas duas últimas participações, em 2006 e 2007, foi eliminado após o primeiro jogo, realizado em casa, ao perder por 3 a 1, para Atlético Paranaense e Goiás. DESEMPENHO ANO A ANO: 1990: 21° colocado (32 equipes participantes) 1999: 36° colocado (64 equipes participantes) 2001: 49° colocado (64 equipes participantes) 2002: 53° colocado (64 equipes participantes) 2003: 32° colocado (64 equipes participantes) 2005: 30° colocado (64 equipes participantes) 2006: 57° colocado (64 equipes participantes) 2007: 56° colocado (64 equipes participantes) RESUMO HISTÓRICO 11 Pontos Ganhos 16 Jogos Disputados 03 Vitórias 02 Empates 11 Derrotas 18 Gols Pró 36 Gols Sofridos -18 de Saldo de Gols 23,91% de Aproveitamento dos Pontos Disputados arte: Paulo Chapox

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

PE2009: Após susto, Náutico goleia

O Náutico parecia viver um verdadeiro pesadelo na partida diante da Cabense, no Gileno de Carli, quando viu o adversário empatar a partida em 1x1, chegando inclusive a tomar as rédeas da partida. Para alívio da torcida, o time de Roberto Fernandes acordou e larga na frente no 2º turno. Longe de fazer uma boa atuação, o Timbu esteve passivo nos 20 minutos iniciais, com raras chances de gol. Em um dos lances polêmicos do jogo, no entanto, acabou sendo prejudicadao com a não marcação de uma penalidade em Adriano Magrão, visivelmente seguro pelas pernas pelo atleta Evanílson da Cabense. Aos 25 minutos de jogo, Gilmar abriu o placar para o Timbu, cabeceando uma bola cruzada por Carlinhos Bala. A etapa inicial continuou sem grandes chances de gol e com um falso domínio da Cabense, que pouco produzia ofensivamente, apesar de um maior interesse na partida. Na volta do 2º tempo, o Náutico acabou sendo surpreendido quando aos 17 minutos Eduardo (Cabense) recebeu a bola na área e virou pra marcar o gol de empate dos donos da casa. O gol foi mais uma mostra que a equipe alvirrubra ainda necessita de ajustes no sistema defensivo. Aos 29 minutos, outro lance discutível, a marcação de uma penalidade contra a Cabense, onde o nitidamente Alexandre visou e acertou a bola. Penalidade marcada, penalidade convertida, através de Carlinhos Bala. A equipe alvirrubra, que minutos antes já havia desperdiçado pelo menos 3 boas chances de gol, aproveitou o abatimento do adversário e balançou mais duas vezes a rede. O terceiro gol Timbu saiu aos 34 minutos através de bela jogada do jovem Dinda, que encontrou Adriano Magrão dentro da área para completar, Náutico 3x1. Aos 42 minutos, Gilmar "encerrou a conta", fazendo seu segundo gol na partida e decretando os números finais do placar, Náutico 4x1. O gol foi marcado dentro da área.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Suspensos e contundidos desfalcam o Sport

No próximo domingo (28/02) o Sport enfrenta o Araripina no Chapadão do Araripe pela 12ª rodada do Campeonato Pernambucano. A partida terá início às 17hrs (horário de Brasília) e será apitada pelo árbitro Claudio Mercante que terá como auxiliares Erich Bandeira e Albert Júnior. O time rubro-negro entrará em campo desfalcado devido aos cartões amarelos e contusões. Pfa se ter uma idéia da quantidade de cartões recebidos pelo time, com 11 jogos realizados em apenas 3 (Vitória, Vera Cruz e Ypiranga)o Leão ficou sem nenhum jogador receber o amarelo. Um dos destaques do time o atacante Ciro estará de fora desse jogo. Motivo: na útlima partida com o Náutico foi expulso com o cartão vermelho direto. Fora esse vermelho Ciro já recebeu mais 2 cartões (1 no jogo contra o Santa Cruz e outro no jogo contra a Cabense). Já os jogadores Montoya e Cesar Lucena têm em comum, além de jogar no mesmo clube, a marca de 10 jogos e 4 cartões amarelos cada um. Eduardo Ramos e Juninho Silva estão pendurados com 2 cartões. No jogo contra o Salgueiro (Salgueiro 1 x 1 Sport) o time rubro negro recebeu 6 cartões amarelos. No time dos contundidos estão Wilson que recupera-se do joelho direito e Nádson também machucado.

PE2009 - Começa o 2º Turno

Cabense e Náutico hoje dão a largada no 2º turno do Campeonato Pernambucano, na última chance de conseguir uma vaga na final da competição. As duas equipes vivem momentos distintos quanto a expectativa que carregavam antes do início do certame, sendo a Cabense (recém promovida da Série A2) uma grata surpresa e o Náutico (com "status" de forte candidato ao título) com uma boa dose de decepção. CAMPANHA - CABENSE A Cabense terminou o 1º turno na 5ª posição, com 16 pontos ganhos (48,5% de aproveitamento), 12 gols marcados e 10 gols sofridos. Nos 4 primeiros jogos, um início arrasador (melhor de sua história), com 3 vitórias e 1 empate. Posteriormente não resistiu a forte sequência diante de Serrano, Santa Cruz, Central e Sport. Na condição de mandante, venceu 3 jogos e perdeu 2 (Santa Cruz e Central) 11.01 - 2x2, Náutico (F) 14.01 - 1x0, Ypiranga (C) 18.01 - 2x0, Sete de Setembro(F) 21.01 - 2x0, Petrolina (C) 25.01 - 0x1, Serrano (F) 28.01 - 0x1, Santa Cruz (C) 02.02 - 1x2, Central (C) 04.02 - 0x2, Sport (F) 08.02 - 2x1, Porto (C) 11.02 - 2x0, Acadêmica Vitória (F) 15.02 - 0x1, Salgueiro (F) CAMPANHA - NÁUTICO O Náutico inicou o estadual diante de uma boa expectativa, com contratações bem recebidas pela torcida e um time forte no papel. Regularizações, condicionamento físico, suspensões acabaram esfacelando o time que não embalou no primeiro turno. Jogando fora dos Aflitos, a equipe conseguiu 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota (Sport), com aproveitamento similar ao obtido na condição de mandante. A equipe de Roberto Fernandes sabe que a margem de erro será mínima para a última cartada, a conquista do 2º turno. 11.01 - 2x2, Cabense (C) 14.01 - 1x0, Serrano (F) 17.01 - 2x2, Salgueiro (C) 21.01 - 4x3, Ypiranga (F) 25.01 - 1x0, Central (C) 28.01 - 1x1, Sete de Setembro (F) 01.02 - 2x2, Santa Cruz (C) 04.02 - 5x1, Acadêmica Vitória (F) 07.02 - 2x1, Petrolina (C) 11.02 - 1x0, Porto (C) 14.02 - 0x2, Sport (F) NÚMEROS GERAIS - 1º TURNO ESTATÍSTICAS DE GOLS MARCADOS - TIPO ESTATÍSTICAS DE GOLS MARCADOS - TEMPO ESTATÍSTICAS DE GOLS SOFRIDOS - TIPO ESTATÍSTICAS DE GOLS SOFRIDOS - TEMPO ARTILHEIROS DAS EQUIPES Cabense 04 gol(s)- Coringa 02 gol(s)- Alexandre, Márcio Machado e Novito 01 gol(s)- Eduardo e Felipe Náutico 06 gol(s)- Carlinhos Bala 05 gol(s)- Gilmar 03 gol(s)- Anderson Lessa 02 gol(s)- Juliano 01 gol(s)- Diego Bispo, Kuki e Vagner. HISTÓRICO DOS CONFRONTOS 12 jogos 01 vitória(s) Cabense 02 empate(s) 08 vitória(s) Náutico ÁRBITRO DA PARTIDA Partidas em que atuou na atual temporada: 1º turno / 01ª rodada - Central x Salgueiro 1º turno / 02ª rodada - Serrao x Náutico 1º turno / 05ª rodada - Náutixo x Central 1º turno / 09ª rodada - Sete de Setembro x Salgueiro 1º turno / 10ª rodada - Petrolina x Santa Cruz

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Libertadores 2009: Blog lança tabela em excel

Já está no ar a nova tabela eletrônica do Blog dos Números para a Libertadores 2009. O internauta já pode baixar em nosso disco virtual (ver link e senha no final da postagem) e conhecer a versão que contempla tanto a fase de grupos, quanto os mata-matas, já calculando as posições do time, agrupamentos e mandos de campo. A tabela também classifica automaticamente os times para a fase seguinte, bem como já contempla o recurso de cruzamento de equipes de um mesmo país nas semifinais. Além das automatizações, o internauta vai poder conferir a lista de todos os campeões, vices e artilheiros da história da competição, além de média de gols e times participantes em cada edição. No ano de 2009, automaticamente a média de gols vai sendo atualizada e após as finais, também aparece o novo campeão!!! Abaixo de cada grupo, uma revolucionária tabela no estilo "retrô", que vai preenchendo os quadros de pontuação automaticamente, após cada resultado. O projeto também contempla decisões por pênalti e sorteio, com caixas de opções para ajustes necessários. Agora, é só baixar e curtir!!!! A senha é BLOG

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Libertadores: Os números da LDU

O Blog dos Números mergulhou de cabeça na Libertadores e em parceria com a Footstats, está dissecando os números da competição, apontando os destaques e detalhes dos adversários do Leão. O próximo adversário do Sport é a LDU, time que defende o título de atual campeão Sulamericano e que estreou com vitória em cima do Palmeiras, jogando em Quito, 3x2. A revista Placar destacou 4 jogadores no elenco. Abaixo, alguns comentários do Blog dos Números sobre o que cada um apresentou na partida diante dos paulistas: Paul Ambrosi, LE Participação discreta, perdeu muitas bolas, pouco apoiou e quase não participou da partida. Foi substituído por Diego Calderón 01 finalização(ões) (0 no gol); 01 impedimento(s); 4,48% de posse de bola; 09 passe(s), 5 passe(s) certo(s), com eficiência de 55,6%; 01 lançamento(s); 01 cruzamento(s); 01 drible(s); 04 perda(s) de bola; 02 desarme(s); 02 falta(s) cometidas; 01 falta(s) recebida Patricio Urrutia, V Participa bastante do jogo, distribuindo bastante a bola e ainda aparecendo como elemento surpresa nas finalizações. 04 finalização(ões) (1 no gol); 00 impedimento(s); 10,69% de posse de bola; 39 passe(s), 35 passe(s) certo(s), com eficiência de 89,7%; 05 lançamento(s); 01 cruzamento(s); 00 drible(s); 02 perda(s) de bola; 00 desarme(s); 02 falta(s) cometidas; 02 falta(s) recebida Damián Manso, M Driblador, avança para cima dos adversários e também torna-se a referência nos cruzamentos (9 na partida). Ajuda bastante nos desarmes e fez um dos gols da partida. Preocupa bastante os adversários, sendo o jogador que mais sofreu faltas. 01 finalização(ões) (1 no gol) - 1 gol; 00 impedimento(s); 10,26% de posse de bola; 13 passe(s), 8 passe(s) certo(s), com eficiência de 61,5%; 06 lançamento(s); 09 cruzamento(s); 04 drible(s); 07 perda(s) de bola; 02 desarme(s); 01 falta(s) cometidas; 09 falta(s) recebida Claudio Bieler, A Arrisca bastante nas finalizações, nem sempre precisas (25% de acerto). 08 finalização(ões) (2 no gol); 00 impedimento(s); 7,37% de posse de bola; 14 passe(s), 13 passe(s) certo(s), com eficiência de 92,9%; 01 lançamento(s); 01 cruzamento(s); 01 drible(s); 05 perda(s) de bola; 02 desarme(s); 01 falta(s) cometidas; 06 falta(s) recebida OUTROS Destaques também para Campos (maior posse de bola do time), Reasco (distribuição de jogadas e desarmes) e Calderón (marcou 2 gols). Abaixo alguns números: POSSE DE BOLA 11,85% - Jayro Campos, M 11,85% - Neicer Reasco, LD 10,69% - Patricio Urrutia, V 10,26% - Damián Manso, M 09,83% - Norberto Araujo, Z VOLUME DE PASSES 40 passes - Neicer Reasco, LD (eficiência de 87,5%) 39 passes - Patricio Urrutia, V (eficiência de 89,7%) 37 passes - Jayro Campos, M (eficiência de 91,9%) 28´passes - William Araujo, V (eficiência de 75,0%) 27 passes - Norberto Araujo, Z (eficiência de 92,65%) CRUZAMENTOS 9 cruzamento(s) - Damián Manso, M 1 cruzamento(s) - Paul Ambrosi, LE 1 cruzamento(s) - Claudio Bieler, A 1 cruzamento(s) - Neicer Reasco, LD 1 cruzamento(s) - Patricio Urrutiaa, V DESARMES 5 desarme(s) - Neicer Reasco, LD 5 desarme(s) - William Araujo, V 4 desarme(s) - Jayro Campos, M 3 desarme(s) - Damián Manso, M 3 desarme(s) - Renán Calle, Z DRIBLES 4 drible(s) - Damián Manso, M 1 drible(s) - Neicer Reasco, LD 1 drible(s) - Paul Ambrosi, LE 1 drible(s) - Claudio Bieler, A FINALIZAÇÕES 8 finalização(ões) - Claudio Bieler, A (2 no gol, acerto de 25%) 4 finalização(ões) - Patricio Urrutia, V (1 no gol, acerto de 25%) 2 finalização(ões) - Walter Calderón, A (2 no gol, acerto de 100%) - 2 gols 1 finalização(ões) - William Araujo, V (1 no gol, acerto de 100%) 1 finalização(ões) - Jayro Campos, M (0 no gol, acerto de 0%) 1 finalização(ões) - Damián Manso, M (1 no gol, acerto de 100%) - 1 gol 1 finalização(ões) - Renán Calle, Z (0 no gol, acerto de 0%) 1 finalização(ões) - Paul Ambrosi, LE (0 no gol, acerto de 0%) PERDA DE BOLA 7 vez(es) - Damián Manso, M 5 vez(es) - Claudio Bieler, A 5 vez(es) - Neicer Reasco, LD 4 vez(es) - William Araujo, V 4 vez(es) - Paul Ambrosi, LE SCOUT DA PARTIDA: LDU X PALMEIRAS (clique para ampliar)

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Libertadores 2009: Sport arranca vitória no Chile

O Sport não tomou conhecimento do retrospecto do Colo-Colo diante de equipes brasileiras e volta para casa com 3 pontos conquistados, dividindo a liderança do Grupo 1 com a LDU. Diante dos Chilenos, uma importante e convincente vitória por 2x1, com destaque para a atuação de Ciro, que além de abrir o placar para o time pernambucano, também foi decisivo servindo Wikson no segundo gol leonino. Logo aos 6 minutos, Ciro abriu o marcador, em um lance típico de quem sabe o caminho do gol, tirando do goleiro em lance de alta qualidade. Depois disso, o Sport foi mais cauteloso e preferiu se limitar a explorar jogadas de contra-ataque. Já no fim do primeiro tempo, aos 44 minutos, mais uma vez Ciro foi mortal. Deixou Wilson com a faca e o queijo na mão apenas para cumprimentar o goleiro e ampliar o marcar para 2x0. O Segundo tempo foi dramático, com maior volume de jogo dos donos da casa, que apesar da maior posse de bola não traduzia em chances concretas de gol, até os 25 minutos. Lucas Barrios foi o autor do gol chileno. Apesar da pressão, o time rubro-negro segurou a "peteca" e volta para Recife com 3 pontos na bagagem.

Copa do Brasil: Santa Cruz decide no Arruda

O Santa Cruz não esteve bem na partida de ida da primeira fase da Copa do Brasil e vai precisar contar com o apoio de sua torcida para empurrar o time no jogo de volta no Arruda. A equipe comandada por Márcio Bittencourt foi derrotada em Campos diante do Americano por 2x0. A equipe Tricolor sofreu o primeiro gol logo aos 2 minutos, através do meia Eberson. O gol prematuro dos mandantes forçou mudança de postura do time pernambucano que teve que se abrir para reverter o resultado. Aos 21 minutos, novamente Eberson ampliou o marcador para o representante fluminense. Americano 2x0. O Santa Cruz não conseguiu acertar o ritmo de jogo e apesar de algumas chances, esteve mais próximo de levar o terceiro gol do que reduzir o placar. No final da partida, apesar da expulsão de Bilica, a equipe Coral ainda poderia ter conseguido seu gol, mas não foi feliz nas finalizações. SITUAÇÃO DA EQUIPE O Santa Cruz tem duas formas de se classificar para a próxima fase da competição. a) Caso devolva o placar de 2x0, irá decidir a vaga na cobrança de penalidades; b) Vencendo por 3 ou mais gols de diferença, automaticamente estará classificado. O Americano pode perder por até dois gols de diferença, desde que marque pelo menos 1 gol na partida. Apesar da vantagem, vale lembrar que futebol é uma caixinha de surpresas...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Juniores: Náutico conquista primeiro turno!!!!

O Náutico levou a melhor na partida extra diante do Sport e conquistou o primeiro turno do certame de Juniores. O jogo foi disputado na tarde de hoje nos Aflitos e terminou com o placar de 2x1, em favor dos alvirrubros. Os gols foram marcados por Altemar, ambos em cobranças de penalidade. O Sport chegou a ter vantagem no marcador com Richardson fazendo 1x0, contudo, o Timbu mostrou poder de reação e empatou ainda no primeiro tempo. Vale lembrar que o Náutico jogava com a vantagem do empate na decisão. No último levantamento feito pela FPF, nenhum dos atletas que anotaram gols estavam em destaque na tábua de artilheiros. Altermar tinha marcado apenas 2 gols, enquanto Richardson apenas 1. Os principal artilheiro Timbu é Nonato, com 10 gols. Em 12 partidas, o Náutico obteve 9 vitórias, 2 empates e apenas 1 derrota para o Serrano. O Ataque marcou 40 gols e sua defesa sofreu 14. O Náutico é a única equipe com 100% de aproveitamento como mandante. Além disso, também aparece como único invicto atuando "dentro de casa". Abaixo segue a campanha: 2x0, Cabense (C) 2x3, Serrano (F) 6x0, Salgueiro (C) 2x1, Ypiranga (F) 8x2, Central (C) 2x2, Sete de Setembro (F) 4x3, Santa Cruz (C) 3x1, Acadêmica Vitória (F) 7x0, Petrolina (C) 1x0, Porto (C) 1x1, Sport (F) 2x1, Sport (C) - partida extra.

Cartões: Petrolina é o campeão da indisciplina

O Petrolina terminou o 1º turno com a menor quantidade de pontos conquistados, ao lado do Acadêmica Vitória, com 6 pontos em 33 possíveis, aproveitamento de 18,2%. A equipe do Vale do São Francisco, a "Fera Sertaneja", também aparece com o pior desempenho no ranking da disciplina, criado pelo Blog dos Números. Com 49 pontos, resultado de 28 cartões amarelos líquidos e 7 expulsões, o Petrolina lidera o ranking da indisciplina, com 1 ponto a mais que o Serrano (27 amarelos e 7 expulsões). O Santa Cruz foi a equipe mais disciplinada, com 28 pontos. ENTENDENDO A PONTUAÇÃO O cálculo é simples. São considerados os cartões amarelos líquidos e os cartões vermelhos. Entende-se por cartão amarelo líquido, o saldo de cartões amarelos descontadas as advertências que geram expulsão. Dessa forma, se um jogador é expulso pelo segundo cartão amarelo, são desconsiderados os dois cartões amarelos recebidos e computado apenas o vermelho. Cada cartão amarelo líquido vale 1 ponto. Cada cartão vermelho vale 3 pontos (baseado no princípio que 3 cartões amarelos geram 1 suspensão). Quem fizer mais pontos, aparece com o pior desempenho. NÁUTICO RECEBE MAIS AMARELOS Diferente de Santa Cruz e Sport, times mais disciplinados da competição, o Náutico teve um dos piores desempenhos na questão disciplinar, com 45 pontos marcados, sendo superado apenas por Petrolina e Serrano. A equipe comandada por Roberto Fernandes recebeu 36 cartões amarelos e teve 3 expulsões. Nenhum outro time foi tão advertido como o Timbu. Na contagem dos cartões amarelos, mesmo jogando nos Aflitos a equipe foi advertida em 18 situações, além de 2 jogadores expulsos. Fora de casa, os alvirrubros receberam também 18 amarelos e perderam 1 jogador por expulsão. RANKING DA INDISCIPLINA 49 pontos - Petrolina 48 pontos - Serrano 45 pontos - Náutico 44 pontos - Ypiranga 43 pontos - Sete de Setembro 42 pontos - Acadêmica Vitória e Cabense 39 pontos - Salgueiro 38 pontos - Central 34 pontos - Porto 30 pontos - Sport 28 pontos - Santa Cruz RANKING - EXPULSÕES 7 vezes - Petrolina e Serrano 5 vezes - Cabense, Sete de Setembro e Ypiranga 4 vezes - Acadêmica Vitória 3 vezes - Porto, Náutico e Salgueiro 2 vezes - Santa Cruz 1 vez - Central nenhuma expulsão - Sport RANKING - AMARELOS LÍQUIDOS 36 cartões - Náutico 35 cartões - Central 30 cartões - Acadêmica Vitória, Salgueiro e Sport 29 cartões - Ypiranga 28 cartões - Petrolina 27 cartões - Cabense e Serrano 25 cartões - Porto 22 cartões - Santa Cruz ÁRBITROS No ranking dos árbitros mais rigorosos, Sebastião Rufino aparece na primeira posição com média de 13,33 pontos por jogo, aplicando 19 amarelos e mandando 7 pro chuveiro. Em segundo lugar aparece Carlos Costa com média de 11,33 e 7 expulsões aplicadas, além de 13 amarelos, em 3 partidas. No outro lado da moeda, Antônio Hora Filho e Wilson Souza aparecem como os mais tolerantes, com média de 4,60 e 4,00 pontos por jogo, respectivamente. 13,33 - Sebastião Rufino Filho, 3 jogos 11,33 - Carlos Costa, 3 jogos 10,50 - Eduardo Alcântara, 4 jogos 08,67 - Emerson Batista da Silva, 6 jogos 07,50 - Cláudio Mercante, 6 jogos 07,33 - Patrício Souza (6) e Ricardo Tavares (6) 07,00 - Gilberto Castro Jr (2) e Nielson Nogueira Dias (3) 06,83 - Emerson Sobral, 6 jogos 06,60 - Gleydson Leite, 5 jogos 06,00 - Adriano Siebra (3) e Nielson Santos (1) 04,60 - Antônio Hora Filho, 5 jogos 04,00 - Wilson Souza, 7 jogos

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Público: Santa Cruz vence a batalha dos números.

O gigante acordou. Junto com ele, sua torcida. Números incontestáveis, liderança Tricolor na presença dos estádios no primeiro turno. A torcida entendeu o recado e carrega consigo o peso de empurrar o time com o coração, a garganta e acima de tudo, a presença. Apesar de atuar uma partida a menos em seu "reduto", o "Mais Querido" colocou em números absolutos mais gente nos estádios que os rivais Sport e Náutico. Fruto da presença de 126.361 espectadores que geraram uma média de 25.272 presentes por partida. O Sport teve um público total de 114.131 (19.022 por partida) e o Náutico apenas 69.252 (11.542). Até mesmo diante do Acadêmica Vitória, em semana prévia de carnaval e com jogo televisionado, 11.240 torcedores foram ao Arruda incentivar a equipe, mostrando uma relação de compromisso muito além do simples resultado. O Santa Cruz conta com os 3 maiores públicos da competição, onde diante de Central e Ypiranga colocou mais presentes do que no clássico entre Sport e Náutico, apesar do carater "amistoso" do confronto entre rubro-negros e alvirrubros. Vale lembrar que a partida entre Sport x Sete de Setembro também registrou público maior que o "Clássico dos Clássicos". O Náutico, na condição de mandante, não posicionou nenhum de seus jogos entre os 10 maiores de públicos do turno. TOP 10 - MAIORES PÚBLICOS (1º TURNO) 42.329 - Santa Cruz x Sport; 30.086 - Santa Cruz x Central; 24.993 - Santa Cruz x Ypiranga; 21.560 - Sport x Sete de Setembro; 20.577 - Sport x Náutico; 19.257 - Sport x Serrano; 18.388 - Sport x Petrolina; 17.850 - Sport x Cabense; 17.713 - Santa Cruz x Serrano; 16.499 - Sport x Acadêmica Vitória. MÉDIA DE PÚBLICO 25.272 - Santa Cruz (5) 19.022 - Sport (6) 11.542 - Náutico (6) 06.730 - Central (5) 05.064 - Ypiranga (6) 04.740 - Porto (6) 04.585 - Salgueiro (6) 04.542 - Sete de Setembro (5) 04.174 - Serrano (6) 03.488 - Cabense (5) 03.404 - Acadêmica Vitória (5) 01.753 - Petrolina (5) PÚBLICO TOTAL 126.361 - Santa Cruz (5) 114.131 - Sport (6) 069.252 - Náutico (6) 033.649 - Central (5) 030.381 - Ypiranga (6) 028.438 - Porto (6) 027.511 - Salgueiro (6) 025.041 - Serrano (6) 022.710 - Sete de Setembro (5) 017.440 - Cabense (5) 017.018 - Acadêmica Vitória (5) 008.766 - Petrolina (5) O 1º turno registrou 520.698 espectadores. com média de 7.889 presentes por partida. Caso a média de cada clube se mantenha e considerando o número de jogos a cumprir como mandante de cada um, a tendência de público para o segundo turno é de 516.761, com média de 7.830. Baseado nessas projeções, a tendência de público ao final dos 132 jogos seria de 1.037.459, com média de 7.860, sem considerar as finais. Uma final com público médio de 40.000 projetaria uma média de público total do Pernambucano 2009 de 8.339.

PE2009 - Balanço 1º turno: Quase 30% dos gols no final das partidas

Os números do 1º turno mostram alguns detalhes interessantes para análise, entre eles, o tempo em que foram marcados os gols ao longo dos 66 jogos disputados. Ao todo, a bola balançou as redes 186 vezes. No levantamento realizado com exclusividade pelo Blog dos Números, um dado que chama atenção é a concentração de gols após os 30 minutos do segundo tempo. Nos 15 minutos finais de partida e acréscimos, foram marcados 52 gols, 6 deles já nos descontos. Essa parcela representa 27,96% de todos os gols marcados na competição. Analisando a tábua de artilheiros, dos 7 principais goleadores, 6 marcaram mais gols na etapa complementar do que nos 45 minutos iniciais de partida. Marcelo Ramos (Scz), principal goleador (10 gols), marcou 7 vezes no 2º tempo, com 2 gols após os 30 minutos da etapa final de jogo. Fábio Silva (Cen), vice-artilheiro ao lado de Ciro (Spt), marcou todos os seus gols (7) no 2º tempo, sendo 2 após os 30 minutos. Empatado com o atacante centralino, o jovem talento rubro-negro (Ciro), teve uma distribuição melhor: 3 gols anotados na primeira etapa e 4 no 2º tempo, sendo 2 após os 30 minutos. Com 6 gols aparecem Assis (Ypi), Carlinhos Bala (Nau) e Guego (Por). Apenas o artilheiro da Máquina de Costura não balançou as redes adversárias mais vezes no segundo tempo, com 3 gols em cada etapa. Entre eles, Guego é o principal artilheiro dos minutos finais, tendo anotado 3 vezes (em uma das oportunidades aos 47 do segundo tempo, diante do Petrolina). Gilmar (Nau) completa a lista dos principais artilheiros, atualmente com 5 gols. O atacante Timbu marcou 2 tentos na etapa complementar. DESEMPENHO DOS TIMES Sport e Central são as equipes que mais balançaram as redes adversárias após os 30 minutos da etapa complementar, cada um com 7 gols marcados. Todas as equipes marcaram pelo menos 2 gols nesse intervalo de partida. Por outro lado, quem não deve gostar nada desse momento crítico da partida são os treinadores de Petrolina e Ypiranga, que já sofreram nada menos que 8 gols cada. Serrano e Acadêmica Vitória também já tiveram suas metas vazadas 7 vezes.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Juniores: Turno será decidido em extra

O Clássico dos Clássicos no Juniores terminou empatado em 1x1, provocando a necessidade de uma partida extra entre Náutico e Sport. A partida será disputada na quarta-feira, nos Aflitos, com vantagem do empate em favor do Náutico. O 1º turno do futebol de base foi disputadíssimo entre Náutico, Sport e Santa Cruz, tendo alternância de liderança ao longo das rodadas, deixando a competição bem atraente. O Sport partiu na frente, liderando na primeira rodada, contudo, na rodada seguinte, o Petrolina assumia a primeira posição. Entre a 3ª e a 8ª rodada, liderança do Santa Cruz, até ser ultrapassado pelo Náutico nas 3 últimas rodadas. Ao contrário dos profissionais, nenhum time chegou invicto na rodada final.O Santa Cruz, apesar do melhor ataque (47 gols), acabou pecando por falhar contra os mais tradicionais oponentes: perdeu para Náutico (3x4) e Sport (1x3) e empatou com o Porto (1x1). O Sport, que venceu Porto (3x2) e Santa Cruz (3x1) e empatou com o Náutico (1x1), tropeçou diante de Salgueiro (1x1) e Sete de Setembro (0x1, na Ilha do Retiro). Apesar de ter marcado 26 pontos, perde para o Náutico no saldo de gols. O Timbu, que precisa de apenas um empate diante do Sport, tropeçou diante do Serrano (2x3) e Sete de Setembro (2x2), até o empate recente diante do Leão. Com 38 gols marcados e 13 gols sofridos, acabou com 3 gols de vantagem no saldo de gols.
TABELA COMPLETA DE RESULTADOS 1º Rodada 10.01 - 3x0, Sport x Acad. Vitória 11.01 - 2x0, Náutico x Cabense 11.01 - 1x0, Serrano x Porto 11.01 - 1x2, Central x Salgueiro 11.01 - 1x3, Ypiranga x Petrolina 11.01 - 1x2, Sete de Setembro x Santa Cruz 2ª Rodada 14.01 - 1x1, Salgueiro x Sport 14.01 - 3x2, Serrano x Náutico 14.01 - 1x1, Porto x Santa Cruz 14.01 - 2x1, Cabense x Ypiranga 14.01 - 1x1, Acad. Vitória x Sete de Setembro 15.01 - 4x2, Petrolina x Central 3ª Rodada 17.01 - 6x0, Náutico x Salgueiro 18.01 - 3x1, Sport x Serrano 18.01 - 2x1, Porto x Petrolina 18.01 - 1x1, Sete de Setembro x Cabense 18.01 - 8x0, Ypiranga x Acad. Vitória 18.01 - 9x0, Santa Cruz x Central 4ª Rodada 21.01 - 0x1, Sport x Sete de Setembro 21.01 - 1x2, Ypiranga x Náutico 21.01 - 1x0, Serrano x Acad. Vitória 21.01 - 3x3, Central x Porto 21.01 - 0x1, Salgueiro x Santa Cruz 21.01 - 2x1, Cabense x Petrolina 5ª Rodada 25.01 - 2x3, Porto x Sport 25.01 - 5x1, Santa Cruz x Ypiranga 25.01 - 0x1, Petrolina x Sete de Setembro 25.01 - 2x1, Acad. Vitória x Salgueiro 25.01 - 4x0, Serrano x Cabense 25.01 - 8x2, Náutico x Central 6ª Rodada 28.01 - 0x4, Ypiranga x Sport 28.01 - 2x2, Sete de Setembro x Náutico 28.01 - 1x1, Central x Serrano 28.01 - 4x2, Salgueiro x Porto 28.01 - 3x1, Acad. Vitória x Petrolina 28.01 - 0x8, Cabense x Santa Cruz 7ª Rodada 31.01 - 8x0, Sport x Serrano 01.02 - 4x3, Náutico x Santa Cruz 01.02 - 1x1, Porto x Acad. Vitória 01.02 - 1x1, Salgueiro x Ypiranga 01.02 - 1x2, Serrano x Sete de Setembro 02.02 - 2x3, Cabense x Central 8ª Rodada 04.02 - 9x2, Santa Cruz x Serrano 04.02 - 2x0, Porto x Sete de Setembro 04.02 - 1x0, Ypiranga x Central 04.02 - 4x1, Petrolina x Salgueiro 04.02 - 1x0, Sport x Cabense 05.02 - 1x3, Acad. Vitória x Náutico 9ª Rodada 07.02 - 7x0, Náutico x Petrolina 08.02 - 1x3, Santa Cruz x Sport 08.02 - 0x6, Cabense x Porto 08.02 - 5x3, Central x Acad. Vitória 08.02 - 2x1, Sete de Setembro x Salgueiro 08.02 - 2x2, Serrano x Ypiranga 10ª Rodada 11.02 - 0x2, Central x Sport 11.02 - 1x0, Náutico x Porto 11.02 - 0x1, Ypiranga x Sete de Setembro 11.02 - 2x4, Petrolina x Santa Cruz 11.02 - 1x1, Salgueiro x Serrano 11.02 - 3x0, Acad. Vitória x Cabense 11ª Rodada 14.02 - 2x0, Sport x Náutico 15.02 - 4x0, Santa Cruz x Acad. Vitória 15.02 - 1x0, Porto x Ypiranga 15.02 - 3x1, Sete de Setembro x Central 15.02 - 1x0, Petrolina x Serrano 15.02 - 1x0, Salgueiro x Cabense

domingo, 15 de fevereiro de 2009

PE2009: Sport vence clássico de um time só!

O Sport ratificou sua soberania no Campeonato Pernambucano ao vencer com facilidade o Clássico dos Clássicos, em partida realizada sábado (14/02), na Ilha do Retiro. No final, o placar do jogo não traduziu a superioridade do Leão que poderia ter saído com uma goleada histórica, diante da fragilidade do adversário que limitou-se a defender, buscando manter a diferença de gols em apenas dois tentos. Com 54,4% de posse de bola e 92,3% de eficiência no passe, o Sport não precisou de muito esforço para vencer o apático Náutico, que ainda contou com pelo menos duas boas intervenções do goleiro Eduardo. Os rubro-negros também exploraram mais as jogadas de linha de fundo(9), tiveram melhor acerto na finalização e apresentaram maior produtividade em lançamentos (21) e cruzamentos (16). Com o resultado, o Sport terminou o primeiro turno com 31 pontos conquistados em 33 possíveis, eficiência de 93,9%. A equipe marcou 26 gols e sofreu apenas 4 (melhor defesa). Seu ataque poderá ser ultrapassado, caso o Santa Cruz marque 7 ou mais gols diante do Acadêmica Vitória. O Náutico termina o primeiro turno em 3º lugar, com 22 pontos conquistados, 21 gols marcados e 14 gols sofridas. A defesa alvirrubra sofreu mais gols que as equipes do Porto (7), Cabense (9), Sete de Setembro (10), Salgueiro (12), Central (13) e Santa Cruz (13), equipes que encerram hoje a participação do turno, além do próprio Sport. O Náutico foi o penúltimo time a perder a invencibilidade na competição. Agora, apenas o Sport continua sem saber o que é perder no certame.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Juniores: Sport e Náutico decidem o turno

Empatados com 25 pontos, Sport e Náutico disputam na Ilha do Retiro o título de campeão do 1º turno, na categoria de Juniores. Se entre os profissionais tudo já está decido, no futebol de base, pode até ocorrer uma partida extra. Caso o clássico dos clássicos termine empatado, a garotada vai ter que disputar uma extra, onde o mando de campo será do Náutico, conforme os critérios do art. 16º: a) Número de vitórias ; b) Saldo de gols; c) Melhor ataque (gols marcados); d) Gols marcados na casa do adversário; e) Sorteio A equipe que tiver o mando de campo jogará pelo empate na partida extra, segundo o artigo 7º da competição. Com as vitórias de Náutico (sobre o Porto) e Sport (sobre o Central), o Santa Cruz, apesar de ter vencido por 4x2 o Petrolina. TABELA COMPLETA DE RESULTADOS 1º Rodada 10.01 - 3x0, Sport x Acad. Vitória 11.01 - 2x0, Náutico x Cabense 11.01 - 1x0, Serrano x Porto 11.01 - 1x2, Central x Salgueiro 11.01 - 1x3, Ypiranga x Petrolina 11.01 - 1x2, Sete de Setembro x Santa Cruz 2ª Rodada 14.01 - 1x1, Salgueiro x Sport 14.01 - 3x2, Serrano x Náutico 14.01 - 1x1, Porto x Santa Cruz 14.01 - 2x1, Cabense x Ypiranga 14.01 - 1x1, Acad. Vitória x Sete de Setembro 15.01 - 4x2, Petrolina x Central 3ª Rodada 17.01 - 6x0, Náutico x Salgueiro 18.01 - 3x1, Sport x Serrano 18.01 - 2x1, Porto x Petrolina 18.01 - 1x1, Sete de Setembro x Cabense 18.01 - 8x0, Ypiranga x Acad. Vitória 18.01 - 9x0, Santa Cruz x Central 4ª Rodada 21.01 - 0x1, Sport x Sete de Setembro 21.01 - 1x2, Ypiranga x Náutico 21.01 - 1x0, Serrano x Acad. Vitória 21.01 - 3x3, Central x Porto 21.01 - 0x1, Salgueiro x Santa Cruz 21.01 - 2x1, Cabense x Petrolina 5ª Rodada 25.01 - 2x3, Porto x Sport 25.01 - 5x1, Santa Cruz x Ypiranga 25.01 - 0x1, Petrolina x Sete de Setembro 25.01 - 2x1, Acad. Vitória x Salgueiro 25.01 - 4x0, Serrano x Cabense 25.01 - 8x2, Náutico x Central 6ª Rodada 28.01 - 0x4, Ypiranga x Sport 28.01 - 2x2, Sete de Setembro x Náutico 28.01 - 1x1, Central x Serrano 28.01 - 4x2, Salgueiro x Porto 28.01 - 3x1, Acad. Vitória x Petrolina 28.01 - 0x8, Cabense x Santa Cruz 7ª Rodada 31.01 - 8x0, Sport x Serrano 01.02 - 4x3, Náutico x Santa Cruz 01.02 - 1x1, Porto x Acad. Vitória 01.02 - 1x1, Salgueiro x Ypiranga 01.02 - 1x2, Serrano x Sete de Setembro 02.02 - 2x3, Cabense x Central 8ª Rodada 04.02 - 9x2, Santa Cruz x Serrano 04.02 - 2x0, Porto x Sete de Setembro 04.02 - 1x0, Ypiranga x Central 04.02 - 4x1, Petrolina x Salgueiro 04.02 - 1x0, Sport x Cabense 05.02 - 1x3, Acad. Vitória x Náutico 9ª Rodada 07.02 - 7x0, Náutico x Petrolina 08.02 - 1x3, Santa Cruz x Sport 08.02 - 0x6, Cabense x Porto 08.02 - 5x3, Central x Acad. Vitória 08.02 - 2x1, Sete de Setembro x Salgueiro 08.02 - 2x2, Serrano x Ypiranga 10ª Rodada 11.02 - 0x2, Central x Sport 11.02 - 1x0, Náutico x Porto 11.02 - 0x1, Ypiranga x Sete de Setembro 11.02 - 2x4, Petrolina x Santa Cruz 11.02 - 1x1, Salgueiro x Serrano 11.02 - 3x0, Acad. Vitória x Cabense

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

PE2009: Clássico dos Clássicos: Quem leva a melhor?

Sport e Náutico protagonizam mais uma vez o "Clássico dos Clássicos", em partida a ser realizada na Ilha do Retiro, sábado, 16 horas. É o encontro de número 383 em partidas válidas pelo estadual, com vantagem do Sport. O Leão bateu o rival em 149 oportunidades, ao passo que em outros 127 jogos deu Timbu. 106 partidas terminaram empatadas. A partida marcará também o jogo de número 161 na Ilha do Retiro, palco mais utilizado para o encontro (mais uma vez ressaltando que o universo de pesquisa é o Campeonato Pernambucano). No reduto rubro-negro, a vantagem do Leão é de 23 jogos. O Timbu não vence o confronto desde 28.03.2005, com um jejum de 6 jogos em andamento. O Sport entre 1920 e 1928 chegou a completar 16 jogos sem perder para os alvirrubros, conseguindo também a marca de 6 vitórias consecutivas. Em duas oportunidades, o Timbu alcançou 10 partidas sem perder para o Sport, entre 1951 e 1953 e posteriormente entre 1973 e 1975. Em 1964, conseguiu 5 vitórias consecutivas diante dos rubro-negros. A vitória do Sport por 1x0 é o placar mais repetido dos confrontos, aparecendo 46 vezes, seguido da vitória do Náutico pelo mesmo placar, registrada em 34 situações. Na Ilha do Retiro, o resultado mais comum é o 1x1 (21 vezes). 38 jogos já terminaram em goleada (vitória por 3 ou mais gols), sendo 21 aplicadas pelo Sport e 17 pelo Náutico. No dia 01/10/1916, o Sport goleou o Náutico por 8x0 no campo do British Club, sendo o placar mais largo do confronto. Náutico e Sport disputaram 35 jogos em finais diretas de campeonato, com 13 vitórias para cada lado, além de 9 empates. Foram 14 títulos disputados, com 8 conquistas do Sport, que levou vantagem nas 6 últimas decisões: 1951 - Náutico 1954 - Náutico 1955 - Sport 1961 - Sport 1963 - Náutico 1965 - Náutico 1966 - Máutico 1968 - Náutico 1975 - Sport 1977 - Sport 1988 - Sport 1991 - Sport 1992 - Sport 1994 - Sport RESUMO DOS CONFRONTOS Em 21.05.1916, Náutico e Sport se enfrentaram pela primeira vez, em partida valendo pontos, com vitória dos alvirrubros por 4x1, no British Club. No dia 20.04.2008, se enfrentaram na Ilha do Retiro em empate sem gols, no último encontro pelo estadual. RESUMO GERAL - CAMPEONATO PERNAMBUCANO 382 Jogos 149 Vitórias do Sport (39,0%) 127 Vitórias do Náutico(33,2%) 106 Empates (27,7%) 533 gols marcados pelo Sport (1,40) 490 gols marcados pelo Náutico(1,28) CONFRONTOS NA ILHA 161 Jogos 069 Vitórias do Sport(42,9%) 046 Vitórias do Náutico (28,6%) 046 Empates (28,6%) 230 gols marcados pelo Sport (1,436) 180 gols marcados pelo Náutico (1,12) CONFRONTOS DESDE 2000 24 Jogos 12 Vitórias do Sport (50,0%) 06 vitórias do Náutico (25,0%) 06 empates (25,0%) 33 gols marcados pelo Sport(1,38) 22 gols marcados pelo Náutico (0,92) ÚLTIMOS 10 JOGOS 08.02.2004 - Sport 2x1, Aflitos 28.03.2004 - Náutico 3x1, Ilha do Retiro 10.02.2005 - Sport 1x0, Ilha do Retiro 28.03.2005 - Náutico 4x2, Aflitos 22.06.2006 - 1x1, Aflitos 12.03.2006 - 1x1, Ilha do Retiro 05.02.2007 - Sport 1x0, Aflitos 01.04.2007 - Sport 2x0, Ilha do Retiro 16.03.2008 - Sport 1x0, Aflitos 20.04.2008 - 0x0, Ilha do Retiro PLACARES MAIS REPETIDOS 46 vezes - Sport 1x0 34 vezes - Náutico 1x0 32 vezes - 0x0 30 vezes - Sport 2x0 28 vezes - Náutico 2x1 25 vezes - Sport 2x1 22 vezes - Sport 2x0 22 vezes - 2x2 PLACARES MAIS REPETIDOS - ILHA DO RETIRO 21 vezes - 1x1 17 vezes - Sport 2x0 17 vezes - Sport 1x0 16 vezes - Náutico 2x1 15 vezes - Sport 2x1 PALCOS MAIS UTILIZADOS 161 vezes - Ilha do Retiro 127 vezes - Aflitos 061 vezes - Arruda 018 vezes - Av. Malaquias 009 vezes - Jaqueira 003 vezes - British Club 003 vez - Aflitos - Liga RESUMO HISTÓRICO DAS GOLEADAS 038 jogos 021 vitórias do Sport 017 vitórias do Náutico 106 gols marcados pelo Sport 088 gols marcados pelo Náutico GOLEADAS MAIS FREQÜENTES 7 vezes - Sport 3x0; 4 vezes - Náutico 4x1; 4 vezes - Sport 4x1; 3 vezes - Náutico 3x0; 2 vezes - Náutico 5x0; 2 vezes - Sport 5x0; 2 vezes - Náutico 5x1; 2 vezes - Sport 5x1; 2 vezes - Náutico 4x0; 2 vezes - Sport 4x0; 2 vezes - Náutico 5x2; 1 vez - Sport 8x0; 1 vez - Náutico 7x1; 1 vez - Náutico 8x1; 1 vez - Sport 8x1 1 vez - Sport 6x1; 1 vez - Sport 5x2; OS PALCOS DAS GOLEADAS 16 Vezes - Aflitos, 9 do Náutico, 7 do Sport 09 vezes - Ilha do Retiro, 8 do Sport, 1 do Náutico 05 vezes - Arruda, 4 do Náutico, 1 do Sport 05 vezes - Av. Malaquias, 4 do Sport, 1 do Náutico 02 vezes - British Club, 1 do Náutico, 1 do Sport 01 vez - Jaqueira, 1 do Náutico AS ÚLTIMAS GOLEADAS 24.05.1987 - Sport 4x1, Arruda 05.07.1987 - Náutico 3x0, Arruda 10.08.1988 - Sport 4x1, Ilha do Retiro 15.12.1991 - Sport 3x0, Ilha do Retiro 06.12.1992 - Náutico 4x1, Arruda 18.04.1993 - Sport 5x1, Aflitos 07.04.1997 - Sport 5x1, Ilha do Retiro 21.04.1999 - Sport 4x1, Ilha do Retiro 28.05.2000 - Sport 4x0, Ilha do Retiro 17.06.2003 - Sport 3x0, Aflitos. TABUS E JEJUNS Quantos jogos cada um passou sem vencer? Quando foi essa sequência? Qual o maior número de vitórias consecutivas de cada lado? No Blog dos Números, você tem a informação: SPORT, 16 JOGOS SEM PERDER 01.08.1920 - Sport 1x0, Av. Malaquias 05.12.1920 - Sport 6x1, Av. Malaquias 12.06.1921 - Sport 2x1, Aflitos 02.10.1921 - 0x0, Av. Malaquias 21.05.1922 - 1x1, Av. Malaquias 20.05.1923 - Sport 2x1, Jaqueira 11.11.1923 - Sport 3x0, Av. Malaquias 15.06.1924 - Sport 3x1, Av. Malaquias 12.10.1924 - Sport 4x0, Aflitos 06.09.1925 - 2x2, Av. Malaquias 29.11.1925 - Sport 3x1, Av. Malaquias 07.11.1926 - Sport 5x0, Aflitos 07.08.1927 - Sport 2x0, Av. Malaquias 13.11.1927 - Sport 3x0, Aflitos 15.04.1928 - Sport 5x0, Aflitos 15.07.1928 - Sport 4x1, Av. Malaquias SPORT, 6 VITÓRIAS CONSECUTIVAS 29.11.1925 - Sport 3x1, Av. Malaquias 07.11.1926 - Sport 5x0, Aflitos 07.08.1927 - Sport 2x0, Av. Malaquias 13.11.1927 - Sport 3x0, Aflitos 15.04.1928 - Sport 5x0, Aflitos 15.07.1928 - Sport 4x1, Av. Malaquias NÁUTICO, 10 JOGOS SEM PERDER SEQÜÊNCIA 1 16.09.1951 - 1x1, Aflitos 22.11.1951 - Náutico 5x1, Aflitos 20.01.1952 - Náutico 3x2, Ilha do Retiro 03.02.1952 - Náutico 3x1, Aflitos 10.02.1952 - 1x1, Ilha do Retiro 17.02.1952 - Náutico 1x0, Aflitos 21.09.1952 - 1x1, Aflitos 26.10.1952 - Náutico 2x1, Ilha do Retiro 18.01.1953 - Náutico 2x0, Aflitos 29.03.1953 - Náutico 2x0, Ilha do Retiro SEQÜÊNCIA 2 29.07.1973 - 0x0, Ilha do Retiro 28.08.1974 - 0x0, Arruda 29.09.1974 - Náutico 1x0, Arruda 27.10.1974 - Náutico 5x0, Aflitos 24.11.1974 - Náutico 3x1, Arruda 30.03.1975 - 0x0, Aflitos 20.04.1975 - Náutico 2x1, Arruda 25.05.1975 - 0x0, Arruda 15.06.1975 - 1x1, Ilha do Retiro 13.07.1975 - 1x1, Arruda NÁUTICO, 5 VITÓRIAS CONSECUTIVAS 12.01.1964 - Náutico 3x1, Aflitos 19.01.1964 - Náutico 3x2, Ilha do Retiro 22.01.1964 - Náutico 4x2, Aflitos 28.06.1964 - Náutico 1x0, Ilha do Retiro 27.08.1964 - Náutico 5x2, Aflitos DECISÕES - PARTIDAS EXTRAS E FINAIS 60 Jogos 23 Vitórias do Sport (38,3%) 20 vitórias do Náutico(33,3%) 17 empates (28,4%) 77 gols marcados pelo Sport 71 gols marcados pelo Náutico DECISÕES DE TURNO - PARTIDAS EXTRAS 21 jogos 09 vitórias do Sport (42,8%) 06 vitórias do Náutico (28,6%) 06 empates (28,6%) 29 gols marcados pelo Sport 23 gols marcados pelo Náutico DECISÕES - JOGOS EM SUPERCAMPEONATOS 04 jogos 02 empates (50%) 01 vitória do Náutico (25%) 01 vitória do Sport (25%) 03 gols marcados pelo Sport 02 gols marcados pelo Náutico DECISÕES - FINAIS PROPRIAMENTE DITAS 35 jogos 13 vitórias do Náutico (37,1%) 13 vitórias do Sport(37,1%) 09 empates (25,7%) 46 gols marcados pelo Náutico 45 gols marcados pelo Sport Quem levará a melhor no próximo encontro? Agradecimentos especiais ao historiador Carlos Celso Cordeiro, que através de suas obras, permitiu que mais de 80% dos registros fossem obtidos.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

PE2009: Deu a lógica, Sport campeão do 1º turno!

O Sport confirmou as expectativas e levou a primeira fatia do Campeonato Pernambucano 2009, a Taça Revolução Constitucionalista de 1817, equivalente ao 1º turno. A conquista veio em alto estilo, através da convincente vitória sobre o Central em pleno Luiz Lacerda, 3x1. Marcaram para o Leão: 1T06' - César 1T40' - Moacir 2T34' - Luciano Henrique Aos 42 minutos do segundo tempo, Careca descontou para o Central. Com o resultado, o Leão alcançou 28 pontos e não pode mais ser ultrapassado pelos seus principais seguidores (?), Santa Cruz (23) e Náutico (22), restando apenas 3 pontos a disputar. A vitória do Leão também marcou a 9ª vitória consecutiva diante das equipes do interior no atual certame (aproveitamento de 100%). Desde 2008, o time rubro-negro completa invencibilidade de 15 jogos. 28º TÍTULO DO 1º TURNO Em 70 edições do estadual em que o 1º turno valia vaga na final, o Leão alcança sua 28ª conquista, ampliando a vantagem para Santa Cruz (21) e Náutico (19), considerando apenas essa etapa da competição. Em outras duas edições, o título foi para o América. O Sport conquistou pela 4ª vez o título nos últimos 10 anos, sendo 2009 o terceiro título seguido na primeira etapa da competição. CAMPEÕES DO 1º TURNO (2000-2009) 2009 - Sport 2008 - Sport 2007 - Sport 2006 - Santa Cruz 2005 - Santa Cruz 2004 - Santa Cruz 2003 - Santa Cruz 2002 - Náutico 2001 - Náutico 2000 - Sport CAMPANHA RUBRO-NEGRA 10.01 - 4x0 Acadêmica Vitória, Ilha 14.01 - 2x0 Salgueiro, Cornélio de Barros 18.01 - 3x0 Serrano, Ilha 21.01 - 1x0 Sete de Setembro 25.01 - 1x0 Porto, Luiz Lacerda 28.01 - 4x1 Ypiranga, Otávio Limeira 31.01 - 3x1 Petrolina, Ilha 04.02 - 2x0 Cabense, Ilha 08.02 - 1x1 Santa Cruz, Arruda 11.02 - 3x0 Central, Luiz Lacerda

PE2009: Aumenta a briga na artilharia

O Campeonato Pernambucano já registrou 156 gols nas 9 primeiras rodadas. A briga na tábua de artilheiros esquentou e conta com a experiência de Marcelo Ramos contra a juventude de Ciro. O "matador" tricolor tem 8 gols marcados e encabeça a lista dos goleadores, com um tento a mais que o talento rubro-negro. Bem perto, ainda aparecem na briga Carlinhos Bala (Nau) e Fábio Silva (Cen), ambos com 6 gols marcados. Assis (Ypi) e Guego (Por) já marcaram 5 vezes. Os mandantes marcaram 85 gols e os visitantes 74. Maior parte dos gols foram marcados no segundo tempo, 92. Foram marcados 5 gols aos 43 minutos do 2º tempo, como também aos 34 minutos da etapa complementar, sendo a marca mais movimentada até o momento. Após os 40 minutos do segundo tempo, foram marcados 23 gols. O Blog dos Números fez um levantamento especial, trazendo alguns interessantes detalhes sobre os gols assinalados (9 primeiras rodadas). RESUMO DE GOLS 75 gols - Chutes de dentro da área; 32 gols - Cabeça; 20 gols - Cobrança de Pênalti; 19 gols - Chutes de fora da área 06 gols - Cobrança de falta; 02 gols - Bicicleta; 02 gols - Conta (Fogo amigo) TEMPO DOS GOLS 1º TEMPO - 64 GOLS 18 gols - 15 minutos iniciais 24 gols - 16 a 30 minutos de jogo 21 gols - 31 a 45 minutos 01 gol - descontos 2º TEMPO - 92 GOLS 21 gols - 15 minutos iniciais 29 gols - 16 a 30 minutos de jogo 38 gols - 31 a 45 minutos 04 gol - descontos FREQÜÊNCIA DETALHADA 5 gols - 2º tempo, 43 minutos 5 gols - 2º tempo, 34 minutos; 4 gols - 2º tempo, 45 minutos; 4 gols - 2º tempo, 42 minutos. LISTA GERAL DE ARTILHEIROS - 156 GOLS 8 gols - Marcelo Ramos (Scz); 7 gols - Ciro (Spt); 6 gols - Carlinhos Bala (Nau) e Fábio Silva (Cen); 5 gols - Assis (Ypi) e Guego (Por); 4 gols - Guto (Spt), Coringa (Cab), Gilmar (Nau), Allisson (Sal) e Cláudio (Cen). ARTILHEIROS - DENTRO DA ÁREA - 75 GOLS 5 gols - Marcelo Ramos (Scz) 4 gols - Ciro (Spt) 3 gols - Assis (Ypi) e Cláudio (Cen) ARTILHEIROS - CABEÇA - 32 GOLS 3 gols - Fábio Silva (Cen) e Carlinhos Bala (Nau) 2 gols - Guto (Spt), Rogério (Por), Luis Eduardo (Ypi) e Alisson (Sal) ARTILHEIROS - PENALIDADES - 20 GOLS 3 gols - Guego 2 gols - Nego Pai, Coringa, Gilmar e Alisson ARTILHEIROS - FORA DA ÁREA - 19 GOLS 3 gols - Ciro 2 gols - Marcelo Ramos e Juninho ARTILHEIROS - GOLS DE FALTA - 6 GOLS 1 gol - Paulinho Potiguar, Carlinhos Bala, Airton, Sandro, Lulinha e Djalma ARTILHEIROS - GOLS DE BICICLETA - 2 GOLS 1 gol - Douglas (Pet) e Assis (Ypi) FOGO AMIGO - GOLS CONTRA - 2 GOLS 1 gol - Evanilson (Cab) e Leo Gama (Cab)

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Juniores: Sport bate o Santa no Arruda, Náutico lidera

O Santa Cruz perdeu mais um clássico na disputa do Campeonato Pernambucano de Juniores, complicando de vez sua situação. Após o segundo tropeço, a equipe Tricolor precisa torcer para que no meio da semana seus principais adversários (Náutico e Sport) empatem para continuar vivo no turno. O algoz do "Mais Querido" dessa vez foi o Sport, que impôs ao time do Santa Cruz uma derrota em pleno Arruda por 3x1. Foi a 5ª vitória seguida do Leão na competição. Náutico (que venceu o Petrolina no sábado, 7x0) e Sport dividem a liderança com 22 pontos, com vantagem para o Timbu no saldo de gols. O Santa Cruz aparece com 19 pontos. PORTO APLICA GOLEADA A equipe do Porto continua devendo no futebol de base, na temporada atual. Dessa vez, porém, voltou a jogar como time grande no Juniores.O Gavião, atual campeão pernambucano, venceu por 6x0 a Cabense, mas continua com modestos 9 pontos. O Sete de Setembro, melhor time do interior no atual certame. venceu o Salgueiro por 2x1 e chegou aos 15 pontos. Já o lanterna Central voltou a vencer, batendo o Acadêmica Vitória por 5x3, no Lacerdão. Nenhuma equipe do interior tem chance matemática de disputar o primeiro turno. TABELA COMPLETA DE RESULTADOS 1º Rodada 10.01 - 3x0, Sport x Acad. Vitória 11.01 - 2x0, Náutico x Cabense 11.01 - 1x0, Serrano x Porto 11.01 - 1x2, Central x Salgueiro 11.01 - 1x3, Ypiranga x Petrolina 11.01 - 1x2, Sete de Setembro x Santa Cruz 2ª Rodada 14.01 - 1x1, Salgueiro x Sport 14.01 - 3x2, Serrano x Náutico 14.01 - 1x1, Porto x Santa Cruz 14.01 - 2x1, Cabense x Ypiranga 14.01 - 1x1, Acad. Vitória x Sete de Setembro 15.01 - 4x2, Petrolina x Central 3ª Rodada 17.01 - 6x0, Náutico x Salgueiro 18.01 - 3x1, Sport x Serrano 18.01 - 2x1, Porto x Petrolina 18.01 - 1x1, Sete de Setembro x Cabense 18.01 - 8x0, Ypiranga x Acad. Vitória 18.01 - 9x0, Santa Cruz x Central 4ª Rodada 21.01 - 0x1, Sport x Sete de Setembro 21.01 - 1x2, Ypiranga x Náutico 21.01 - 1x0, Serrano x Acad. Vitória 21.01 - 3x3, Central x Porto 21.01 - 0x1, Salgueiro x Santa Cruz 21.01 - 2x1, Cabense x Petrolina 5ª Rodada 25.01 - 2x3, Porto x Sport 25.01 - 5x1, Santa Cruz x Ypiranga 25.01 - 0x1, Petrolina x Sete de Setembro 25.01 - 2x1, Acad. Vitória x Salgueiro 25.01 - 4x0, Serrano x Cabense 25.01 - 8x2, Náutico x Central 6ª Rodada 28.01 - 0x4, Ypiranga x Sport 28.01 - 2x2, Sete de Setembro x Náutico 28.01 - 1x1, Central x Serrano 28.01 - 4x2, Salgueiro x Porto 28.01 - 3x1, Acad. Vitória x Petrolina 28.01 - 0x8, Cabense x Santa Cruz 7ª Rodada 31.01 - 8x0, Sport x Serrano 01.02 - 4x3, Náutico x Santa Cruz 01.02 - 1x1, Porto x Acad. Vitória 01.02 - 1x1, Salgueiro x Ypiranga 01.02 - 1x2, Serrano x Sete de Setembro 02.02 - 2x3, Cabense x Central 8ª Rodada 04.02 - 9x2, Santa Cruz x Serrano 04.02 - 2x0, Porto x Sete de Setembro 04.02 - 1x0, Ypiranga x Central 04.02 - 4x1, Petrolina x Salgueiro 04.02 - 1x0, Sport x Cabense 05.02 - 1x3, Acad. Vitória x Náutico 9ª Rodada 07.02 - 7x0, Náutico x Petrolina 08.02 - 1x3, Santa Cruz x Sport 08.02 - 0x6, Cabense x Porto 08.02 - 5x3,Central x Acad. Vitória 08.02 - 2x1, Sete de Setembro x Salgueiro 08.02 - 2x2, Serrano x Ypiranga

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Brasileiro de 1987: 21 anos do Rugido do Leão!

No dia 07 de fevereiro de 1988 o Sport levantava o título mais importante de sua história centenária. Há 21 anos o Sport tornava-se Campeão Brasileiro, garantindo pela primeira vez sua participação na Libertadores. O time de Flávio, Betão, Estevam, Marco Antônio, Macaé, Rogério, Ribamar, Zico, Robertinho, Nando e Neco ficou marcado nos corredores da Ilha do Retiro e no coração da apaixonada torcida. Uma luta contra tudo e contra todos e especialmente aos que achavam que o futebol brasileiro poderia se resumir em 13. A campanha foi inicada em 16/07/1987, no empate diante do Atlético-PR, 1x1, na Ilha do Retiro. Jogando em casa, inclusive, o Leão foi imbatível, vencendo 8 em 10 partidas. Entre as marcas da campanha do Leão, tivemos: 09 jogos sem perder (os 9 primeiros) 03 vitórias consecutivas (em 2 oportunidades) 05 partidas seguidas marcando gols (5 primeiras) 03 jogos sem sofrer gols (3 oportunidades) 10 jogos na Ilha do Retiro, nenhuma derrota 04 vitórias seguidas como mandante 05 vitórias consecutivas em Recife CAMPANHA COMPLETA: 1ª FASE 16.09.87 - 1x1, Atlético-PR (Ilha) 20.09.87 - 2x0, Guarani (Ilha) 23.09.87 - 3x0, Criciúma (Ilha) 27.09.87 - 1x0, Joinville (Ernesto Sobrinho, Joinville) 30.09.87 - 1x1, Portuguesa (Canindé, São Paulo) 04.10.87 - 0x0, Atlético-GO (Serra Dourada, Goiânia) 07.10.87 - 1x0, Rio Branco-ES (Engenheiro do Araripe, Cariacica) 11.10.87 - 4x0, Inter de Limeira (Ilha) 25.10.87 - 2x1, Ceará (Ilha) 28.10.87 - 0x2, Bangu (Moça Bonita, Rio de Janeiro) 01.11.87 - 1x0, Náutico (Arruda) 08.11.87 - 0x0, Vitória (Ilha) 11.11.87 - 1x0, CSA (Rei Pelé, Macéió) 14.11.87 - 2x1, Treze (Ilha) Semifinais do Módulo Amarelo 25.11.87 - 2x3, Bangu (Moça Bonita, Rio de Janeiro) 29.11.87 - 3x1, Bangu (Ilha) Final do Módulo 06.12.87 - 0x2, Guarani (Brinco de Ouro, Campinas) 13.12.87 - 3x0, Guarani (Ilha) - empate 11x11 nas penalidades Final do Brasileiro 30.01.88 - 1x1, Guarani (Brinco de Ouro, Campinas) 07.02.88 - 1x0, Guarani (Ilha) RESUMO DA CAMPANHA 20 jogos 12 vitórias (60%) 05 empates (25%) 03 derrotas (15%) 29 gols marcados (1,45 por jogo) 13 gols sofridos (0,65 por jogo) CAMPANHA NO RECIFE (Ilha / Arruda) 11 jogos 09 vitórias (81,8%) 02 empates (18,2%) 22 gols marcados (2,00 por jogo) 04 gols sofridos (0,36 por jogo) ARTILHEIROS 8 gols - Nando; 4 gols - Augusto, Betão e Zico; 3 gols - Robertinho 2 gols - Macaé e Neco 1 gol - Ribamar e Marco Antônio. OS QUE MAIS JOGARAM 1.805 minutos - Betão, Macaé e Robertinho (todos com 20 jogos) 1.715 minutos - Zico (20 jogos) 1.625 minutos - Estevam (19 jogos) 1.535 minutos - Rogério (20 jogos) 1.445 minutos - Flávio (17 jogos) 1.355 minutos - Marco Antônio (15 jogos) 1.085 minutos - Nando (20 jogos) TITULARES EM TODAS AS PARTIDAS Betão, Macaé, Nando, Robertinho, Rogério e Zico. JOGADORES MAIS ACIONADOS DO BANCO 11 jogos - Augusto 06 jogos - Neco 03 jogos - Antonio Carlos e Disco JOGADORES MAIS VEZES SACADOS 8 jogos - Nando 6 jogos - Ribamar 6 jogos - Neco 3 jogos - Ademir e Rogério Entenda a polêmica do título de 1987, clicando AQUI

PE2009 : Central vence no Lacerdão e embala!

O Central venceu a 3ª partida seguida e entrou firme na briga por uma das vagas na Série D 2009. Com 13 pontos conquistados, a equipe alvinegra alcança a 5ª posição e fica apenas 3 pontos atrás do Porto, um dos principais concorrentes a vaga. A partida diante do Acadêmica Vitória também marcou a primeira vitória do time atuando no Luiz Lacerda, após 3 resultados decepcionantes, onde até então tinha conquistado 1 ponto em 9 possíveis, conforme abaixo: 11.01 - 1x2, Salgueiro 21.01 - 2x3, Porto 28.01 - 1x1, Serrano 08.02 - 2x0, Acadêmica Vitória A equipe de Vitória de Santo Antão completa a 6ª partida seguida na zona de rebaixamento. Com 5 pontos conquistados e na 11ª posição, está atrás do Serrano (10º colocado) por 3 pontos. CABENSE DESENCANTA A Cabense voltou a comemorar vitórias. O resultado foi conquistado diante do Porto, a melhor equipe do interior (4º colocado no geral). A vitória por 2x1 colocou o time na perseguição dos seus adversários caruaruenses na luta por uma das vagas pela Série D. O Porto que conquistou 12 pontos nas 4 primeiras rodadas, continua em baixa após a derrota para o Sport. O Gavião marcou apenas 4 pontos dos últimos 15 disputados, tendo desempenho inferior ao obtido por Central, Salgueiro, Sete de Setembro e Serrano, no mesmo período. YPIRANGA BATE SERRANO A Máquina de Costura foi o único visitante a vencer fora de casa, surpreendendo o Serrano no Nildo Pereira, 3x2. O resultado distanciou o time da Terra da Sulanca da zona de rebaixamento, chegando agora aos 9 pontos, em 8º lugar. O Jumento (Serrano) cai para a 10ª posição, com 8 pontos, com vantagem de 3 pontos para o Acadêmica Vitória, que encabeça a zona da degola. SETE DE SETEMBRO BATE SALGUEIRO O Lobo Guará obteve a segunda vitória na competição, ao bater o Salgueiro no Gigante do Agreste, 1x0. A partida também foi o primeiro triunfo do Sete de Setembro em Garanhuns. A equipe ocupa a 9ª posição, com 9 pontos. O Carcará, representante pernambucano na Série C, interrompe uma sequência de 2 vitórias consecutivas. A equipe ocupa a 7ª posição com 12 pontos e joga as duas próximas partidas em casa, no Cornélio de Barros.

clique para ampliar

PE2009 - Clássico das Multidões: Deu empate!!!

Um clássico como era esperado. Muita disputa, muita raça e bons motivos para as duas torcidas comemorarem. A melhor notícia, entre todas, torna-se a consolidação do Santa Cruz, mais uma vez medindo forças e orgulhando sua torcida. Uma mensagem das arquibancadas simbolizava o momento vivido por todos no Arruda: "O gigante acordou". Multidão Tricolor, que comemorou bastante após o jogo, mesmo não tendo o placar ideal a seu favor. As motivações transcederam a matemática da competição. Não venceu, mas convenceu. O Sport não confirma o título antecipado, mas está muito próximo de ratificar o favoritismo do turno. Precisa de apenas 2 pontos para levar a primeira fatia, ou até mesmo tropeço de seus adversários garantem a conquista para o Leão. Com 25 pontos, o Leão mantém 5 pontos de vantagem para o Santa Cruz (20) e 6 para o Náutico (19). Apenas os 3 times ainda se mantém vivos na disputa. NÚMEROS DO JOGO O Santa Cruz teve mais posse de bola (53,78%), finalizou mais (12), acertando também mais o gol de Magrão (4). Por outro lado, o Sport exigiu mais de André Zuba (2). A equipe Tricolor teve mais volume na troca de passes (216) e melhor qualidade (91,7% de acerto). Vamtegem também nas jogadas de linha de fundo (13). O Sport desarmou mais (19), teve mais escanteios a seu favor (5), porém cometeu muitas faltas (34) e recebeu 5 cartões amarelos. a) Jogadas de Ataque Finalizações Totais: Santa Cruz 12, Sport 10; Finalizações em Gol: Santa Cruz 4, Sport 3; Acerto de Finalização: Santa Cruz 33,3%, Sport 30,0% Jogadas de Linha de Fundo: Santa Cruz 13, Sport 7 Escanteios: Santa Cruz 4, Sport 5; Impedimentos: Santa Cruz 1, Sport 3; Defesas com alto grau de dificuldade: Santa Cruz 2, Sport 1; b) Distribuição e Contenção de Jogadas Lançamentos: Santa Cruz 22, Sport 16 Cruzamentos: Santa Cruz 21, Sport 21 Total de Passes: Santa Cruz 216, Sport 184 Passes Certos: Santa Cruz 198, Sport 162 Passes Errados: Santa Cruz 18, Sport 22 Acerto de Passe: Santa Cruz 91,7%, Sport 88,0% Desarmes: Santa Cruz 15, Sport 19 Rebatidas: Santa Cruz 25, Sport 15 Faltas cometidas: Santa Cruz 20, Sport 34 Cartões Amarelos: Santa Cruz 02, Sport 05 Posse de bola: Santa Cruz 53,78%, Sport 46,22% c) Gols 2T36' - Ciro (Spt), fora da área 2T42' - Adilson (Scz), cabeça

PE2009: Náutico vence partida dramática

O que poderia ser mais um simples jogo nos Aflitos, acabou sendo uma partida dramática em seus minutos finais, com lances inusitados, questionamentos e desapontamentos. Um dos aperitivos da partida era o atacante Kuki. Com 184 gols marcados pelo Náutico (5 deles pela Copa Pernambuco), o artilheiro alvirrubro vivia a expectativa de igualar-se a Fernando Carvalheira, como segundo maior artilheiro de todos os tempos do clube (ler comentário ao final da matéria). A oportunidade veio aos 36 minutos do segundo tempo, através de uma penalidade assinalada pelo árbitro Adriano Siebra. Esse lance protagonizou o início de muitos questionamentos na partida, por parte da equipe do Petrolina. A cobrança foi defendida pelo goleiro Ary, mas a arbitragem assinalou invasão de área, motivando a repetição do tiro livre. Nova cobrança, nova defesa. Mais uma vez, sinalizada a repetição do lance. As imagens tiradas pelon JC comprovam que o goleiro, de fato, estava adiantado no momento das duas cobranças (mesmo que o lance não mostre o exato momento do chute, o posicionamento do goleiro flagra essa possibilidade). A reclamação, portanto, foi indevida. Vale ressaltar que a diretoria do Náutico havia programado um momento especial para o gol de Kuki, com direito a queima de fogos, além de uma homenagem programada. Dessa forma, a festa fica adiada... A 3ª tentativa foi feita pelos pés de Carlinhos Bala. Chutou e guardou, decretando a vantagem para o Náutico por 2x1, de virada. O jogo ainda guardava seus últimos momentos de emoção. Já nos descontos, nova penalidade assinalada. Dessa vez, em favor do time visitante, o Petrolina. Daniel bate forte, no lado esquerdo. Eduardo defende. Siebra dá o apito final. Confiram os detalhes dos gols: 1T42' - Douglas (Pet) - bicicleta; 2T34' - Juliano (Nau) - fora de área; 2T42' - Carlinhos Bala (Nau) - pênalti CALDEIRÃO? O Náutico vence, porém mais uma vez passa por dificuldades dentro de seus domínios. Em 5 jogos disputados nos Aflitos, 3 empates e duas vitórias pela diferença mínima, confiram: 11.01 - 2x2, Cabense 17.01 - 2x2, Salgueiro 25.01 - 1x0, Central 01.02 - 2x2, Santa Cruz 07.02 - 2x1, Petrolina O desempenho fora de casa tem sido mais favorável, onde o time venceu 3 das 4 partidas que disputou: 14.01 - 1x0, Serrano (Nildo Pereira) 21.01 - 4x3, Ypiranga (Otávio Limeira) 28.01 - 1x1, Sete de Setembro (Gigante do Agreste) 04.02 - 5x1, Acadêmica Vitória (Carneirão) SITUAÇÃO DOS TIMES NO CAMPEONATO Com 19 pontos conquistados, o Náutico ainda alimenta chances remotas de conquistar o turno. A equipe alvirrubra ainda está invicta na competição. Para seguir vivo, precisa vencer seus jogos e torcer para que o Sport marque no máximo 1 ponto diante de Santa Cruz e Central, além de um tropeço do Santa Cruz diante de Salgueiro e Petrolina (ambos fora de casa). Em termos prátioos, seria torcer para as seguintes situações: Situação 1: Santa Cruz x Sport - empate Central x Sport - vitória do Central empate ou derrotado Santa Cruz diante de Salgueiro ou Petrolina Situação 2: Santa Cruz x Sport - vitória do Santa Cruz Central x Sport - empate ou vitória do Central dois empates ou derrota do Santa Cruz diante de Salgueiro ou Petrolina O Petrolina continua na lanterna da competição, com apenas 3 pontos conquistados e 8 derrotas em 9 partidas. Obs: O universo que considera os gols de Carvalheira não contemplava jogos de aspirantes ou competições com elencos secundários, como foi a Copa Pernambuco

sábado, 7 de fevereiro de 2009

PE2009 - Clássico das Multidões: Quem leva a melhor?

Santa Cruz e Sport voltam a medir forças pelo campeonato estadual, no clássico denominado "Clássico das Multidões". Novo Santa Cruz, novo Arruda. Com a empolgação de sua torcida, em campo um Tricolor que busca reverter vantagem de 5 pontos para o adversário, precisando, além de uma vitória, de outro tropeço do rival nas duas rodadas seguintes que completam o primeiro turno. O Santa Cruz fará seu primeiro clássico no Arruda, após a reforma do estádio, que atualmente é um dos orgulhos da torcida Coral. O time vem embalado, após golear o Serrano por 7x1 e colher bons resultados na competição. O Sport continua 100%. Uma vitória simples garante ao Leão a conquista do turno por antecipação, detalhe que pode facilitar a preparação dos rubro-negros para a campanha na Libertadores. Favorito para o clássico, o Sport tem como grande trunfo a regularidade do time e a estabilidade da defesa que só tomou 2 gols em toda competição. Em jogo uma rivalidade em estaduais que segue desde 1916, quando se enfrentaram pela primeira vez, no British Club, com vitória do Leão por 4x1 (24.12.1916). Confiram os números: RESUMO DOS CONFRONTOS A vantagem é do Leão. 49 vitórias a mais que os Corais. Até mesmo no Arruda, reduto Tricolor, as partidas tem um retrospecto bastante equilibrado, com vantagem apertada para o Santa Cruz. Se considerarmos os confrontos desde 2000, a vantagem é tricolor, vencendo 10 e perdendo 7. Nos últimos 10 jogos, 4 vitórias do Santa Cruz contra 2 do Sport, além de 4 empates. O Santa Cruz não perde do Sport há 3 jogos. O último triunfo rubro-negro foi em 05.04.2006, na final do Pernambucano, no Arruda (2x1). RESUMO GERAL - CAMPEONATO PERNAMBUCANO 373 Jogos 158 Vitórias do Sport (42,4%) 109 Vitórias do Santa Cruz (29,2%) 106 Empates (28,4%) 528 gols marcados pelo Sport (1,42) 438 gols marcados pelo Santa Cruz (1,17) CONFRONTOS NO ARRUDA 120 Jogos 039 Vitórias do Santa Cruz (32,5%) 036 Vitórias do Sport (30,0%) 045 Empates (37,5%) 127 gols marcados pelo Santa Cruz (1,06) 125 gols marcados pelo Sport (1,04) CONFRONTOS DESDE 2000 26 Jogos 10 Vitórias do Santa Cruz (38,5%) 09 Empates (34,6%) 07 Vitórias do Sport (26,9%) 32 gols marcados pelo Santa Cruz (1,23) 37 gols marcados pelo Sport (1,19) ÚLTIMOS 10 JOGOS 16.02.2004 - Santa Cruz 1x0, Ilha 04.04.2004 - Sport 3x2, Arruda 31.01.2005 - 0x0, Arruda 20.03.2005 - Santa Cruz 1x0, Ilha 29.01.2006 - 1x1, Ilha 29.03.2006 - 1x1, Arruda 05.04.2006 - Sport 2x1, Arruda 09.04.2006 - Santa Cruz 1x0, Ilha 11.02.2007 - 1x1, Ilha 11.04.2007 - Santa Cruz 1x0, Arruda PLACARES MAIS REPETIDOS O empate em 1x1 ocorreu 45 vezes. Em outras 42 situações, vitória do Sport por 1x0. Confiram os placares mais freqüentes: 45 vezes - 1x1 42 vezes - Spor 1x0 35 vezes - 0x0 35 vezes - Santa Cruz 1x0 29 vezes - Sport 2x0 28 vezes - Sport 2x1 25 vezes - Santa Cruz 2x1 22 vezes - Santa Cruz 2x0 20 vezes - 2x2 No Arruda, o placar mais comum são os empates em 0x0 e 1x1, aparecendo 18 vezes, conforme segue: 18 vezes - 0x0 e 1x1 13 vezes - Santa Cruz 1x0 11 vezes - Sport 1x0 10 vezes - Santa Cruz 2x0 PALCOS MAIS UTILIZADOS A arena de encontros entre rubro-negros e tricolores no estadual é a Ilha do Retiro, com 179 jogos disputados. O Arruda aparece em segundo, com 120 encontros. Aflitos, Jaqueira, Av. Malaquias, British Club e até mesmo o Pedro Victor já presenciaram jogos entre as duas equipes. Abaixo, segue o resumo: 179 vezes - Ilha do Retiro 120 vezes - Arruda 034 vezes - Aflitos 019 vezes - Jaqueira 017 vezes - Av. Malaquias 002 vezes - British Club 001 vez - Pedro Victor (atualmente Luiz Lacerda) 001 vez - Aflitos - Liga DIAS DE GOLEADA Considera-se goleada, os jogos que terminaram com diferença de 3 ou mais gols. Em 33 encotnros entre o Leão e a Cobra Coral, o resultado foi goleada e festa para uma das torcidas. O Sport comemorou 23 vezes e o Santa Cruz se deu melhor em outras 10. Confiram alguns números interessantes sobre as goleadas: RESUMO HISTÓRICO DAS GOLEADAS 33 jogos 23 vitórias do Sport 10 vitórias do Santa Cruz 89 gols marcados pelo Sport 52 gols marcados pelo Santa Cruz GOLEADAS MAIS FREQÜENTES 9 vezes - Sport 4x1; 9 vezes - Sport 3x0; 5 vezes - Santa Cruz 3x0; 2 vezes - Sport 4x0; 2 vezes - Santa Cruz 4x1; 1 vez - Santa Cruz 7x0; 1 vez - Santa Cruz 5x0; 1 vez - Sport 5x0; 1 vez - Sport 5x1; 1 vez - Santa Cruz 4x0; 1 vez - Sport 6x3. OS PALCOS DAS GOLEADAS 18 vezes - Ilha do Retiro, 13 do Sport, 5 do Santa Cruz 07 vezes - Arruda, 4 do Sport, 3 do Santa Cruz 04 Vezes - Aflitos, 3 do Sport, 1 do Santa Cruz 03 vezes - Av. Malaquias, 2 do Sport, 1 do Santa Cruz 01 vez - British Club, 1 do Sport AS ÚLTIMAS GOLEADAS 19.09.1982 - Sport 3x0, Arruda 25.05.1986 - Sport 5x0, Ilha 15.07.1989 - Sport 4x1, Ilha 15.04.1990 - Santa Cruz 3x0, Arruda 29.05.1994 - Sport 4x1, Ilha 09.03.1997 - Sport 4x1, Ilha 23.03.1997 - Sport 3x0, Ilha 29.03.1998 - Sport 4x1, Ilha 27.06.1999 - Sport 3x0, Arruda 18.06.2000 - Sport 3x0, Arruda TABUS E JEJUNS Quantos jogos cada um passou sem vencer? Quando foi essa sequência? Qual o maior número de vitórias consecutivas de cada lado? No Blog dos Números, você tem a informação: SPORT, 15 JOGOS SEM PERDER 14.11.1962 - 0x0, Ilha 06.12.1962 - Sport 2x1, Ilha 09.12.1962 - Sport 2x1, Ilha 28.07.1963 - 0x0, Aflitos 13.10.1963 - Sport 1x0, Ilha 06.11.1963 - Sport 2x1, Ilha 22.12.1963 - Sport 2x0, Ilha 31.05.1964 - Sport 2x0, Ilha 02.08.1964 - Sport 3x0, Ilha 27.09.1964 - Sport 1x0, Ilha 11.11.1964 - 1x1, Aflitos 23.06.1965 - Sport 2x1, Ilha 08.08.1965 - 0x0, Ilha 22.09.1965 - 0x0, Ilha 01.12.1965 - 0x0, Ilha SPORT, 10 VITÓRIAS CONSECUTIVAS 03.04.1921 - Sport 1x0, Jaqueira 24.04.1921 - Sport 3x2, Jaqueira 14.08.1921 - Sport 4x2, Av. Malaquias 09.09.1923 - Sport 4x1, Aflitos 16.12.1923 - Sport 1x0, Av. Malaquias 04.05.1924 - Sport 3x1, Jaqueira 21.09.1924 - Sport 4x1, Av. Malaquias 13.09.1925 - Sport 1x0, Av. Malaquias 01.11.1925 - Sport 1x0, Av. Malaquias 19.06.1927 - Sport 2x0, Av. Malaquias SANTA CRUZ, 12 JOGOS SEM PERDER 04.10.1992 - 0x0, Arruda 08.11.1992 - Santa Cruz 1x0, Ilha 26.11.1992 - 1x1, Arruda 14.03.1993 - 0x0, Ilha 04.04.1993 - 1x1, Arruda 22.04.1993 - 0x0, Ilha 09.05.1993 - Santa Cruz 1x0, Arruda 14.06.1993 - Santa Cruz 1x0, llha 11.07.1993 - 0x0, Arruda 14.07.1993 - 1x1, Ilha 18.07.1993 - Santa Cruz 2x0, Arruda 06.02.1994 - 0x0, Arruda SANTA CRUZ, 5 VITÓRIAS CONSECUTIVAS 30.05.2001 - Santa Cruz 1x0 20.06.2001 - Santa Cruz 2x0 05.05.2002 - Santa Cruz 3x2 05.06.2002 - Santa Cruz 2x1 16.02.2003 - Santa Cruz 2x1 NA HORA DA DECISÃO.... Vantagem leonina. 29 vitórias em 62 partidas decisivas. Em jogos de Supercampeonato, no entanto, o Santa Cruz nunca perdeu. Abaixo o resumo exclusivo do Blog dos Números por tipo de decisão: RESUMO GERAL - PARTIDAS EXTRAS E FINAIS 62 Jogos 29 Vitórias do Sport (46,8%) 18 vitórias do Santa Cruz (29,0%) 15 empates (24,2%) 82 gols marcados pelo Sport 63 gols marcados pelo Santa Cruz DECISÕES DE TURNO - PARTIDAS EXTRAS 24 jogos 13 vitórias do Sport (54,2%) 07 vitórias do Santa Cruz (29,2%) 04 empates (16,7%) 30 gols marcados pelo Sport 21 gols marcados pelo Santa Cruz JOGOS EM SUPERCAMPEONATOS 04 jogos 02 vitórias do Santa Cruz (50%) 02 empates (50%) 05 gols marcados pelo Santa Cruz 02 gols marcados pelo Sport FINAIS PROPRIAMENTE DITAS 34 jogos 16 vitórias do Sport (47,1%) 09 vitórias do Santa Cruz (26,5%) 09 empates (26,5%) 50 gols marcados pelo Sport 37 gols marcados pelo Santa Cruz Quem levará a melhor no próximo encontro? Agradecimentos especiais ao historiador Carlos Celso Cordeiro, que através de suas obras, permitiu que mais de 80% dos registros fossem obtidos.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

PE2009 - Público: Média se mantém próxima de 8.000

A média de público do Campeonato Pernambucano de Futebol 2008 está bem próxima de 8.000 espectadores por jogo. Esses números puderam ser conferidos pelo Blog dos Números, através dos boletins financeiros de cada jogo. Em 48 partidas, já tivemos a presença de 382.411 pessoas nos estádios pernamubanos prestigiando os 12 times que disputam o certame. O Santa Cruz lidera com folga, tanto no público total, como também no público pagante, mostrando que a torcida Tricolor está mesmo motivada para fazer o time superar os obstáculos e surpreender a todos em 2009. O "Mais Querido" já levou 72.792 torcedores para o Arruda, com média de 24.264. O público pagante apresenta média de 10.221, quase o dobro do segundo colocado, o Sport. Confiram os números: RANKING - MÉDIA DE PÚBLICO - TOTAL (média) 24.540 - Santa Cruz (1º) 18.711 - Sport (2º) 13.485 - Náutico (3º) 6.669 - Central (4º) 5.528 - Sete de Setembro (5º) 5.205 - Ypiranga (6º) 4.904 - Porto (7º) 4.794 - Salgueiro (8º) 4.212 - Serrano (9º) 4.025 - Cabense (10º) 3.858 - Acadêmica Vitória (11º) 1.044 - Petrolina (12º) RANKING - MÉDIA DE PÚBLICO - PAGANTE (média) 10.221 - Santa Cruz (1º) 5.896 - Sport (2º) 1.562 - Náutico (3º) 1.420 - Sete de Setembro (4º) 1.401 - Central (5º) 1.327 - Ypiranga (6º) 1.190 - Porto (7º) 488 - Salgueiro (8º) 272 - Acadêmica Vitória (9º) 140 - Serrano (10º) 102 - Cabense (11º) 29 - Petrolina (12º) RANKING - 10 MAIORES PÚBLICOS 30.086 - Santa Cruz x Central 24.993 - Santa Cruz x Ypiranga 21.560 - Sport x Sete de Setembro 19.257 - Sport x Serrano 18.388 - Sport x Petrolina 17.850 - Sport x Cabense 17.713 - Santa Cruz x Serrano 16.499 - Sport x Acadêmica Vitória 13.995 - Náutico x Cabense NÚMEROS GERAIS DA COMPETIÇÃO (5ª RODADA) 382.411 Público presente acumulado - 48 jogos 272.798 Público Todos com a Nota (71,34%) 91.667 Público pagante 17.946 Público com gratuidade (autoridades, idosos, etc) 7.967 Média de público total da competição 1.910 Média de público pagante R$ 2.364.282,80 Receita total da competição - 48 jogos R$ 1.168.482,00 Receita de Bilheteria R$ 1.195.800,80 Receita TCN (50,58%)

PE 2009 - Juniores: Esquenta a briga pelo turno!

O Trio de Ferro está de olho não só no Campeonato Pernambucano de Profissionais, como disputam acirradamente o turno da categoria de Juniores, com todos empatados em 19 pontos. Na útlima rodada, Santa Cruz, Sport e Náutico comemoraram vitórias, tendo o Santa Cruz goleado o Serrano por 9x2. O Náutico venceu a Acadêmica Vitória por 3x1, enquanto o Sport derrotou a Cabense por 1x0. O Mais Querido leva vantagem no saldo de gols, 29. Dono do melhor ataque da competição com 38 gols marcados, O Santa Cruz marcou 8 ou mais gols em 3 partidas. O Leão tem a melhor defesa, com apenas 5 gols sofridos. Com 23 tentos marcados, aparece com 1 gol de vantagem para o Náutico na disputa do saldo de gols. As grandes decepções do certame em seu primeiro turno são justamente Porto e Ypiranga, que conquistaram o título de campeão e vice da temporada passada, respectivamente, e que até agora não se encontraram. O Porto é apenas o 7º colocado com 9 pontos e já fora da disputa do turno atual, enquanto o Ypiranga aparece em 9º, com 8 pontos conquistados. O Central tem a pior defesa com 30 gols sofridos. Confiram as maiores goleadas já registradas no atual certame: 3ª rodada - 9x0, Santa Cruz x Central; 7ª rodada - 8x0, Sport x Petrolina; 6ª rodada - 0x8, Cabense x Santa Cruz; 3ª rodada - 8x0, Ypiranga x Acad. Vitória; 8ª rodada - 9x2, Santa Cruz x Serrano 5ª rodada - 8x2, Náutico x Central CLASSIFICAÇÃO Clique na figura para ampliar TABELA COMPLETA DE RESULTADOS 1º Rodada 10.01 - 3x0, Sport x Acad. Vitória 11.01 - 2x0, Náutico x Cabense 11.01 - 1x0, Serrano x Porto 11.01 - 1x2, Central x Salgueiro 11.01 - 1x3, Ypiranga x Petrolina 11.01 - 1x2, Sete de Setembro x Santa Cruz 2ª Rodada 14.01 - 1x1, Salgueiro x Sport 14.01 - 3x2, Serrano x Náutico 14.01 - 1x1, Porto x Santa Cruz 14.01 - 2x1, Cabense x Ypiranga 14.01 - 1x1, Acad. Vitória x Sete de Setembro 15.01 - 4x2, Petrolina x Central 3ª Rodada 17.01 - 6x0, Náutico x Salgueiro 18.01 - 3x1, Sport x Serrano 18.01 - 2x1, Porto x Petrolina 18.01 - 1x1, Sete de Setembro x Cabense 18.01 - 8x0, Ypiranga x Acad. Vitória 18.01 - 9x0, Santa Cruz x Central 4ª Rodada 21.01 - 0x1, Sport x Sete de Setembro 21.01 - 1x2, Ypiranga x Náutico 21.01 - 1x0, Serrano x Acad. Vitória 21.01 - 3x3, Central x Porto 21.01 - 0x1, Salgueiro x Santa Cruz 21.01 - 2x1, Cabense x Petrolina 5ª Rodada 25.01 - 2x3, Porto x Sport 25.01 - 5x1, Santa Cruz x Ypiranga 25.01 - 0x1, Petrolina x Sete de Setembro 25.01 - 2x1, Acad. Vitória x Salgueiro 25.01 - 4x0, Serrano x Cabense 25.01 - 8x2, Náutico x Central 6ª Rodada 28.01 - 0x4, Ypiranga x Sport 28.01 - 2x2, Sete de Setembro x Náutico 28.01 - 1x1, Central x Serrano 28.01 - 4x2, Salgueiro x Porto 28.01 - 3x1, Acad. Vitória x Petrolina 28.01 - 0x8, Cabense x Santa Cruz 7ª Rodada 31.01 - 8x0, Sport x Serrano 01.02 - 4x3, Náutico x Santa Cruz 01.02 - 1x1, Porto x Acad. Vitória 01.02 - 1x1, Salgueiro x Ypiranga 01.02 - 1x2, Serrano x Sete de Setembro 02.02 - 2x3, Cabense x Central 8ª Rodada 04.02 - 9x2, Santa Cruz x Serrano 04.02 - 2x0, Porto x Sete de Setembro 04.02 - 1x0, Ypiranga x Central 04.02 - 4x1, Petrolina x Salgueiro 04.02 - 1x0, Sport x Cabense 05.02 - 1x3, Acad. Vitória x Náutico

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

PE2009:

(clique na imagem para ampliar)
RESULTADOS DA RODADA 7X1, Santa Cruz x Serrano 1x0, Porto x Sete de Setembro 0x3, Ypiranga x Central 1x2, Petrolina x Salgueiro (Nildo Pereira, Serra Talhada) 5x1, Acadêmica Vitória x Náutico 2x0, Sport x Cabense