quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Há 20 anos, o Rugido do Leão soou por todo Brasil

O dia 7 de fevereiro é uma data especial para os rubro-negros, um dia inesquecível e o marco de uma conquista até hoje inigualável entre os times de Pernambuco. Há exatos 20 anos, o Sport conquistava o título de Campeão Brasileiro de 1987, decidindo com o Guarani a final na Ilha do Retiro. Um dia pra ficar na história, não só pelo feito em si, mas por marcar uma página na moralidade do futebol brasileiro, dando uma verdadeira lição na disputa de interesses que sempre esteve presente no futebol brasileiro. Não importa quem foram os adversários de A ou B ou quem poderia ter vencido um duelo de 90 minutos entre Sport e Flamengo. O fato é que o time pernambucano não fez mais do que cumprir o que estabelecia o regulamento. Foi ao campo e venceu por wxo um adversário que se achava importante demais para fazer valer o que antes concordou. O gol maior foi o da justiça, que reconheceu o título a quem realmente de direito seguiu todos os passos para obtê-lo. Foi uma vitória contra um desenho injusto daqueles que estavam acostumados a criar as regras que atingissem apenas os próprios interesses. O Brasil é grande demais para ter apenas 12 times e o Leão fez com que alguns incrédulos percebessem isso. O título foi conquistado na disputa com o autêntico vice-campeão do ano anterior e não há como supor qualquer fato diferente do que a própria disputa do título em si, legítima. Parabéns Sport Clube do Recife, por vencer um título com toda garra possível, dentro e fora de campo!!!! Acompanhem as matérias do Blog sobre o título de 87: Parte 1: Parte 2:

22 comentários:

luciano alvirubro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Blog dos Números disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
flaviosmjr disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
luciano alvirubro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Joseph disse...

Você me vem falar em moralidade depois disso que a CBF fez! Ela mudou o regulamento no meio da competição, isso é moralidade? Isso é extremamente imoral, pra não usar palavras de baixo calão. O Sport é o legítimo campeão da 2º divisão de 1987, isso sim! Da mesma forma que vocês alegam que o Guarani teria que estar na 1º divisão em 1987 por ter sido vice 1986. O Sport era pra realamente estar na 2º divisão em 1987 por ter ficado na VIGÉSIMA OITAVA COLOCAÇÃO em 1986. Deixe de ser bairrista e coloque todos os fatos na mesa para que o leitor tire sua própria conclusão.

Flamengo legítimo primeiro penta campeão brasileiro!

caedmods@hotmail.com disse...

Joseph,

o Flamengo em breve será um ex-clube! E ficará somente na história!

200 milhões em dívidas só com o INSS!

Grave bem o que estou dizendo!

Enquanto isso o Sport nadando em dinheiro e com uma dívida que nem chega a 5% da dívida do Flamengo!

KKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Acho que vocês estão certos. O Sport é mesmo o legítimo, verdadeiro e único campeão brasileiro de 1.987. Contrariando o flamenguista que falou em cima, não houve por parte da C.B.F. mudança do regulamento, que desde o começo previa o cruzamento dos dois melhores do grupo verde, com os dois melhores do grupo amarelo. Foi o clube dos 13 quem tentou mudar o regulamento e não conseguiu, pois queria que o Campeão saísse do módulo verde; isso seria uma grande injustiça. pois o Guarani que foi vice-campeão em 86, e integrava o módulo amarelo, não poderia estar ausente da disputa do título de 87. O que houve foi muita intransigência do clube dos 13, e como consequência foram punidos, pois não tiveram o direito de disputar a Libertadores-88, direito esse que coube a Sport e Guarani, legítmos Campeão e Vice brasileiros de 87, reconhecidos pela FIFA, CONMEBOL, CBF e Justiça Federal. O resto é choro de Flamenguista inconformado.

BEN HUR disse...

QUEM FOI O CAMPEÃO BRASILEIRO DA 2ª ?... hoje 09-02-2009, temos as 4 divisões A 1ª, B2ª,C3ª,D4ª SÃO NOS MESMOS MOLDES DE 1987 1ª VERDE, 2AMARELO,3ªAZUL, 4ªBRANCO, não tem a menor graça um time disputar e nem sequer ganhar a 2ª"11x11 nos penaltis" e querer "ganhar por decreto" a taça das bolinhas, por que a verdadeira está na gávea, e a da ilha é simplismente uma réplica mais uma vez vou perguntar ; QUEM FOI O CAMPEÃO DO GRUPO AMARELO OU "2ª DIVISÃO" ?.... POR QUE NOS DEMAIS TIVERAM SIM!

Flávio disse...

Não cabe mais debate algum sobre essa causa pois é transitado e julgado essa peleja. Não cabe mais nenhum recurso e Sport Club do Recife é campeão brasileiro de 1987. O clube carioca perdeu em todas as instâncias da Justiça. Fica se achando campeão flamenguista pois o choro e o sonho são livres!

Roberto Corrêa disse...

Esse tal Ben Hur é mesmo um desinformado. Tudo que o Flamengo ganhou em 87 foi o módulo verde, que lhe dava o direito de juntamente com o Internacional de decidirem o Campeonato Brasileiro de 87. Como não quizerem jogar o Sport decidiu e ganhou do Guarani, tornando-se o verdadeiro campeão de 87. Ninguém nega que os módulos verde e amarelo eram desiguais, mas isso foi por culpa exclusiva do clube dos treze, que não quizeram fazer grupos homogêneos. A propósito, não sou rubro negro, e sim centralino, tanto que já cravei meu placard para amanhã: Central 4 X 0 Sport, com 4 gols de Fábio Silva. Dou um recado aos rubro negros: se quizerem ganhar o turno amanhã, torçam por Porto e Petrolina, porque lá no Lacerdão, a Patativa ganha todas.Falei e disse

Roberto Corrêa disse...

Vou responder de novo a esse tal Ben Hur: quem ganhou o módulo amarelo em 1.987, foi o Sport, pois a C.B.F. deu o título ao rubro negro pernambucano, por ter tido melhor campanha que o Guarani. Agora, chamar o módulo verde de primeira divisão, e o amarelo de segunda, é no mínimo um absurdo, por inúmeros motivos: no verde estava o Coritiba 44 em 86, e no amarelo estava o Guarani, simplesmente vice campeão em 86. Portanto não houve critério algum para a formação dos grupos, e o que se viu foram dois grupos desiguais (por culpa do clube dos treze), mas ambos de primeira divisão. Só um cego, ou alguém muito apaixonado pelo Flamengo não enxerga isso. É a tal coisa: o país é uma democracia, e qualquer pode achar e dizer o que quizer, como esse Flamenguista. Chamar o Flamengo de campeão brasileiro de 87, é o mesmo que chamar urubú de meu loiro (detalhe: o símbolo do Flamengo é exatamente o Urubú)risos:KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Sai prá lá flamenguista, para com esse papo que não dá em nada. Vai jogar com os Invenhema da vida, e digo mais: o Flamengo não tem time nem para jogar com o meu Central, porque nós vamos chegar ao título da Copa do Brasil, e vocês dêem-se por satisfeitos se conseguirem passar pelo Invinhema KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Não adianta ficar fazendo comparações só com Flamengo e com Guarani. A grande verdade é que o Sport foi campeão jogando com times como:
Atlético-GO - Rio Branco-ES - Ceará - Bangu - Treze de Campina Grande et caterva.
Convenhamos, participar de um campeonato em que não se joga contra: São Paulo, Corínthians, Palmeiras, Santos, Flamengo, Vasco da Gama, Fluminense, Botafogo, Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional e Grêmio; e ainda se achar campeão brasileiro "pois é transitado e julgado essa peleja e não cabe mais nenhum recurso"?
Depois reclamam quando dizem que o Sport é o único campeão brasileiro no tapetão...

Roberto Corrêa disse...

Agora é tú, ou anônimo ? Qual é meu ? bota tua cara rapaz ! Muito pior do que jogar com os times que tu citasse é se recusar a cumprir o regulamento aprovado pela C.B.F. que desde o começo previa o cruzamento, por que voces mesmos é que quizeram assim. Tás conversando m ---- ó flamenguista da própria ! (infelizmente devido ás regras do blog não posso completar aquela célebre palavra de 5 letras, mas bem que eu gostaria). Fica tu sabendo ó carioca, que aqui em Pernambuco teu time não tem torcida nenhuma, pois o pernambucano só torce por seus 4 clubes grandes: Santa Cruz, Náutico, Sport e Central (a famosa patativa do agreste, campeão pernambucano de 2009). E digo mais: reza pra teu Flamengo não cruzar com o meu Central, pois senão vai ser de goleada no Lacerdão e no Maraca. Detalhe: em 1.986 teu time (com Zico e companhia) apanhou do meu de 2 X 1, e era para ser no mínimo 5. Vai te catar ó flamenguista otário, e vê se passa pelo Invenhema, que já é muita coisa para ti. CENTRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAL !

CELIO disse...

é isso aí roberto ñ adianta discutir com esses f.d.p , como falou emerson leão o flamengo correu! agora anonimo que ñ tem coragem de bota a cara ,se pergunta quem dispultou a libertadores em 1988 foi o flamengo? quem é o campeão legitimo pela cbf? otário o teu timinho fugiu.

Lúcio Wanderley disse...

Uma pergunta? quem foi o 5º colocado em 87? A CBF só proclamou o sport campeão por ameaça da FIFA que não admite que questões da justiça comum se misturem com questões desportivas. O desembargador que deu ganho de causa ao sport é pernambucano do Recife, torcedor e conselheiro do sport e amigo íntimo de Homero Lacerda. No campo, o título mais importante do sport é a copa do Brasil 2008, conquistada em campo, embora sem jogar com os maiores clubes do Brasil daquele ano, que disputavam a libertadores.

Roberto Corrêa disse...

Mas esses flamenguistas dispeitados não desistem mesmo. Estão morrendo de inveja porque Pernambuco está na Libertadores, e eles como em 88 estão de fora. Vou responder a esse tal Lúcio Wanderley, e o farei a todos os outros que comentarem esse assunto nesse ou em outro post: o quinto colocado foi o Atlético MG, por ter feito melhor campanha entre as equipes que não se classificaram para a decisão (nos dois módulos). Agora o que eles flamenguistas não dizem, e que ninguém mais que o Sport através do seu então presidente Homero Lacerda lutou para que houvessem grupos homogêneos: Flamengo para um lado, Vasco para o outro, São paulo para um lado, Palmeiras para o outro, e assim por diante, até que por méritos exclusivamente técnicos fossem selecionados os melhores clubes para formar a elite do futebol brasileiro (Não tenho nenhuma procuração para defender o ex-presidente, e nem rubro negro sou, e sim centralino). Mas a intransigência do clube dos treze, patrocinada pela Rede Globo (a do Rio) foi demais, e eles disseram que só jogariam entre si. Seria o mesmo que os países mais tradicionais não quizessem jogar a próxima Copa com países não tradicionais. Com quem ficaria a opinião pública mundial, se nas semifinais, por exemplo: Brasil X Japão, Itália X Costa Rica, Brasil e Itália não quizessem entrar em campo ? A FIFA marcaria o jogo Japão X Costa Rica, e daria a taça ao vencedor. Pois foi exatamente isso o que ocorreu em 87. Aliás diga-se ainda que o Flamengo inconformado com a decisão da C.B.F. de indicar Sport e Guarani como representantes do Brasil tentou até na última hora , sem sucesso na justiça comum impedir o jogo Sport X Guarani que dava início a Libertadores em 88. Outra coisa: acusar um desembargador federal de dar uma sentença baseada em paixões clubísticas, e não no direito legitmo do Sport, é no mínimo uma irresponsabilidade.Roberto Corrêa

Lúcio Wanderley disse...

Roberto, não discuto a legalidade do título. O Sport é campeão e pronto! O que quero dizer é que é um título sem brilho algum, semelhante ao título paulista conquistado pelo Ituano. Você sabia que o Ituano foi campeão paulista recentemente? Pois é, são títulos sem brilho algum, muitos nem sabem deles. Diferentemente do título da Copa do Brasil, que embora não seja igual ao de campeão brasileiro, foi conquistado com muita raça e com a força da torcida. Sou pernambucano e torcedor do Santa, mas na final torci pelo sport, pois não tenho identificação alguma com o Corínthians Paulista. Quanto à CBF, se hoje é o que é, naquela época era muito pior, pois abriu mão de organizar o campeonato, voltando atrás quando os clubes conseguiram patrocínio junto à Coca-Cola, Globo e VASP, entre outros. Mesmo assim, no final, estava disposta a dar o título ao Flamengo. Só que com a decisão judicial (que inclusive correu à revelia, pois o clube dos 13 e o Flamengo não mandaram representantes às audiências) e com o sucesso da Copa União, a CBF se viu ameaçada por uma possível criação oficial de uma liga dos clubes. Resultado: a não legitimidade da Copa União (idêntica à copa João Havelange) e a indicação de Sport e Guarani para a libertadores. Copa João Havelange que, inclusive, marca a melhor participação do Sport na 1º divisão. Só que na JH, havia o prévio acordo de cruzamento e na Copa União não. Inclusive a Globo era contra o cruzamento, pois não queria dar cotas às demais equipes. Não quero desmerecer nada, mas acho que a maioria dos rubro negros concorda que o título de 2008 é muito mais marcante e significativo do que o de 87.

Roberto Corrêa disse...

Lúcio: concordo em parte com esse seu segundo comentário: realmente o título do Sport de 87 não teve o mesmo brilhantismo que o da Copa do Brasil de 2008, e nem mesmo do título de outro clube nordestino: o do Bahia em 88, mas nem por isso é menos legitmo que todos os outros títulos nacionais conquistados por outros clubes. Concordo plenamente (tou falando sério) com os flamenguistas que o regulamento que previa o cruzamento dos dois melhores de cada módulo era injusto, devido à desigualdade dos módulos (e isso é mais do que evidente). Agora, o que os flamenguistas vão ter que concordar comigo, é que muito mais injusto do que isso, seria impedir que o Guarani, simplesmente vice campeão de 86 (e com 6 pontos a mais que o campeão São Paulo) disputasse o título, e o Coritiba, quadragésimo quarto o fizesse. Logo não houve legitmidade alguma na divisão dos módulos, e não houve portanto um grupo de primeira e outro de segunda, como querem os flamenguistas, e sim dois grupos desiguais, é verdade, mas ambos de primeira divisão. Outra coisa: não concordo quando você afirma que a C.B.F. tenha desistido de patrocinar o brasileiro de 87 (por falta de recursos) até porque naquela época, as passagens aéreas eram bancadas pela Caixa Econômica Federal, com recursos da Loteria Esportiva, tanto que não faltaram recursos para bancar as viagens do módulo amarelo. O que fica desse epsódio todo, meu caro Lúcio, é que o Brasil é grande demais para alguém querer se auto proclamar como "dono" do futebol brasileiro, como pretendeu o clube dos 13, com o apoio da Globo do Rio. Proclamar o Flamengo campeão de 87, seria o mesmo que oficializar a pirataria. O legitmo, verdadeiro e único campeão brasileiro de 87, é o SPOR CLUB DO RECIFE, e todo pernambucano, independente do clube pelo qual torça deveria reconhecer e se orgulhar disso, como inclusive, você que é tricolor o fêz. È isso aí. Um abraço: Roberto Corrêa

Lúcio Wanderley disse...

Roberto, pelo menos algo em comum temos: EU TAMBÉM ODEIO O FLAMENGO!
Um grande abraço!

Roberto Corrêa disse...

Olá Adhetson: tá o maior rõlo no "blog do torcedor" com essa história do título de 87, que em breve vai chegar aqui. Tive dificuldade em postar um comentário, e por isso vim pra cá. É uma pena que êssse "cabeças feitas" da Globo do Rio, e da revista placar, continuem acreditando nessa balela de Flamengo campeão de 87. Êles não sabem como a história de fato ocorreu, e por isso estão iludidos. O blog dos números vai esclarecer tudo.

Tichico disse...

O Sport Recife é de segunda. Vai ficar lá por cinco anos seguidos e, se continuar com esta forma de disputa, vai pra dez.

Os leoninos podem ser campeão brasileiro, mas nós rubro-negros somos HEXA.

O Flamengo disputou os campeonato com os melhores times do Brasil, enquanto vocês...

Mengão, rumo ao hepta em 2010.´

Sport, rumo a terceira divisão.

Não exclua,não. Mostre para o mundo inteiro.

Tichico Trindade disse...

Toda questão envolvendo o título de 87são os leoninos que fazem.

Batam no peito e digam: somos campeões da primeira divisão de 1987 jogando com os times da segunda.

O Flamengo é hexa e só jogou com timinhos: São Paulo, Cruzeiro, Internacional, Grêmio, Corinthians, Palmeiras, Atlético Mineiro...

Valeu,. Leoninos! Fevereiro vem aí e vocês podem comemorar (não sei o que!?.

Nós hexa campeões estamos nos preparando para comemorar o carioca e posteriormente o heptacampeonato da PRIMEIRA DIVISÃO.