sexta-feira, 23 de novembro de 2007

O título de 1987, pelo Blog dos Números (parte 2)

Dando prosseguimento ao levantamento histórico que envolveu a polêmica do título de 1987, o Blog dos Números agora aborda o ano em questão, citando alguns dos aspectos que foram fundamentais para a legitimidade do título conquistado pelo Sport naquele ano. Boa parte da imprensa do sudeste ainda distorce os fatos, tentando justificar o impossível, incorreto e incoerente título que atribuem ao Flamengo. Vejamos os seguintes pontos...
Crise da CBF e Clube dos 13
É verdade afirmar que a CBF, desde 1986 vivia uma crise administrativa, agravada pela eleição de Otavio Pinto Guimarães, que supostamente seria "Testa de Ferro" de Nabi Abi Chedid na briga pela cadeira principal da entidade, em duelo com Medrado Dias. A idéia de ter Otávio como cabeça da chapa se dava pelo risco de Nabi empatar com Medrado Dias (Dias levava vantagem por ser mais velho que Chedid, usado como critério para desempate). Nem seria preciso, pois a chapa de Nabi ganhou por 13x12, após mudança de voto de Antônio Aquino (Presidente da Federação do Acre, na época), além do voto em branco de Belmiro Costa (Amazonas). Fala-se muito inclusive num possível esquema de compra de votos, mesmo que sem comprovação. As confusões que explodiram na Copa Brasil de 1986, já mudaram os planos da CBF que precisava reduzir o número de participantes da competição, formando uma primeira divisão com 24 clubes. Acabou cedendo para 28 times, definidos como os 7 melhores classificados da 2ª fase da edição de 1986. Vale ressaltar que mesmo estando entre as 28 melhores campanhas no geral, nem Ponte Preta (21º), nem Sport (27º) teriam direito a disputar a primeira divisão em 1987. Atlético-GO (28º) e Náutico (301º) se deram melhor na 2ª fase e conquistaram o direito a essas vagas. Segundo a revista Trivela (maio/07), Otávio Pinto havia declarado que seria inviável a realização da Copa Brasil em 87, o que deu margem para que os auto-proclamados grandes clubes do Brasil idealizassem uma competição entre si, buscando um contrato de U$ 18 milhões com patrocinadores, com validade de 5 anos. O Jornalista Sérgio Baklanos, conta que a formação do Clube dos 13 se deu após uma pesquisa nacional onde identificaram os 13 times com maior poder de arregimentação de massas. Para formar os 16 times, por questões políticas, foram convidados Coritiba, Goiás e Santa Cruz. O resultado da mais insana virada de mesa do futebol brasileiro é que enquanto 14 times que tinha conquistado seu direito em campo (ver quadro "os excluídos"), Botafogo e o Coritiba não teriam direito algum de participar (ver quadro "pela janela"). Logicamente, equipes como América, Guarani e Portuguesa, que junto com Joinville e Criciúma tinham chegado entre os 16 melhores na última competição, reclamaram por seus direitos. Não havia outra saída para a CBF diferente de formar um novo grupo de times para validar o Brasileiro. Dois erros foram fundamentais para a confusão: a falta de iniciativa da CBF e a falta de critério do Clube dos 13 em organizar o campeonato que inegavelmente trouxe volumosos recursos para o futebol nacional, mesmo que a grande fatia esteja ainda restrita ao próprio grupo. Para compor o grupo dos excluídos com outros 16, bastariam incluir mais 2 times além dos 14 já citados. Por critérios técnicos, essas vagas deveriam ser preenchidas por Ponte Preta e Sport, mas ao invés da equipe de Campinas, quem ficou com a última vaga foi o Vitória. Foi acordado e assinado documento que previa um quadrangular entre os campeões e vices dos Módulos Verde (Copa União) e Amarelo (Copa dos que sobrariam). Mesmo não aceitando os termos, o Clube dos 13 assinou o regulamento, para que pudesse ter legitimidade o campeonato que disputavam, evitando complicações maiores até com a FIFA. Entre eles (Clube dos 13), o discurso era que não fosse realizado tal confronto, tentando de todas as formas persuadir a CBF a concordar com essa proposta. Sport e Guarani, finalistas do módulo amarelo, cumpriram o acordo e estiveram presentes nas duas primeiras rodadas do quadrangular, vencendo ambas por W.O.. Depois, já sabendo que Flamengo e Internacional não iriam disputar os jogos, ficou decidido a antecipação do segundo jogo, concluindo o quadrangular. Nas partidas entre Sport e Guarani, tivemos o seguinte resultado: 31/01/88 - Guarani 1x1 Sport 07/02/88 - Sport 1x0 Guarani
Conclusões.... 1. A CBF foi uma das principais catalizadoras da polêmica. Sem rumo e sem estrutura, cedeu espaço para que os clubes que formaram o C-13 tomassem de forma arbitrária e pirata a organização do futebol; 2. O Flamengo é indiscutivelmente o campeão da Copa União. O Sport é indiscutivelmente o campeão do Brasileiro de 1987; 3. Equipes como Rio Branco, Joinville, Ceará, CSA, Atlético-GO e Treze que conquistaram seu acesso no campo, até hoje não tiveram seu direito restabelecido, sendo as maiores vítimas de toda a desorganização criada na época. 4. O América que disputou a Copa União de 1988, após quase 1 ano de inatividade por não concordar com toda a manipulação ocorrida em 1987), nunca mais voltou a figurar com força no cenário nacional. 5. Em 1988, mais uma vez não teve rebaixamento e os 8 melhores integrantes do Módulo Amarelo integraram a 1º divisão, ao lado dos 16 do Módulo Verde. Tecnicamente, uma mesma fórmula de disputa foi aplicada em 1993, quando apenas dois grupos teriam times com ameaça de rebaixamento, favorecendo o Grêmio. 6. Representantes do Brasil na Libertadores 88: Sport e Guarani. 7. Todos podem afirmar que o título de 87 é rubro-negro, contudo, jamais em referência aos rubro-negros cariocas... Leiam também: O título de 1987, pelo Blog dos Números (parte 1)

19 comentários:

Anônimo disse...

Legal. Sport é campeão brasileiro! Só não me recordo os resultados dos jogos. Quanto foi Sport x São Paulo? Sport x Santos? Sport x Vasco? Sport x Inter? Sport x Fluminense? Sport x Cruzeiro? Sport x Atlético-MG? Sport x Grêmio? Sport x Corinthians? Sport x Palmeiras? Sport x Flamengo?

Oxe....campeão brasileiro?????

Thiago disse...

que piada! sport campeao da ilusao 87! ahahahaha seu trouxa!

Anônimo disse...

Faltou relatar que Flamengo e Inter não podiam realizar o cruzamento pois não existia vencedor do módulo amarelo, uma vez que o título foi decidido no cara-coroa, opção que não constava de nenhum regulamento.

Anônimo disse...

Parabens pela materia do campeonato de 1987. Paulo Marcio de Petropolis - RJ

Anônimo disse...

Essa respostaé pra vc Anônimo, procura nos arquivos de 1988 que verás o resultado de Sport X Flamengo (na chamada, pela imprensa sulista, de: "A FINAL QUE NÃO EXISTIU, QUEM SERÁ O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1987?", vou lembrá-lo o resultado. SPORT 2 X 1 FlaMERDA. (DETALHE: NO maracanã), foi mal, mas se quieres ver o Troféu de 1987, estará aqui na Ilha para todos verem, inclusive vc.

Anônimo disse...

Interessante... Vcs que dizem que o Sport não foi campeão brasileiro, poderiam me dizer pq o C-13 não quis efetuar o cruzamento? Ficaram com medo dq? Não constava no regulamento? Ah! Pq o módulo que o Sport foi campeão era segunda divisão? Ora, como é que o Guarani que tinha sido vice campeão em 1986 poderia disputar a segunda divisão em 1987? Ele foi rebaixado pq foi vice campeão a segunda divisão? Título de ilusão quem tem é o Flamengo-RJ. É como foi dito no comentário anterior, a taça está na Ilha pra qualquer um ver. Inclusive vcs torcedores do "Santinha" e do "timbu" que NUNCA serão campeões Brasileiros. NUNCA! Aí sim, vcs vivem de ilusão. Ao menos a nossa 'ilusão' tá lá na Ilha! Saudações Rubro negras!

Anônimo disse...

Saudaçoes do papai da Cidade, coisa que o flamerda não é! pena vcs terem ficado com medo de vim jogar pois teriam apanhado com certeza!! pelo SPort Club do Recife Campeao BRASILEIRO DE 1987! participante da libertadores de 1988 concordam??? cazá,cazá...

Blog do Kal-El disse...

Renata Cordeiro disse muito bem:

E A POLÊMICA CONTINUA...
Estive com o presidente do Sport de 87, senhor Honório Lacerda que defendeu a conquista do rubro negro do Recife.
Não me convenceu com jurisprudências quando futebol se joga no campo, e ninguém poderá me provar que um time que disputou com Bangu, Inter de Limeira e Rio Branco-ES, é mais campeão do que outro que venceu São Paulo, Inter, Cruzeiro, Fluminense e Vasco.

Medo de enfrentar o campeão do módulo amarelo?

Numa época em que o time do Rio tinha Zico e cia, e a diferença entre os times do “sul maravilha” e do restante do país era tão grande, é impossível falar nisso sem ser em tom de piada.

O Flamengo é penta, com ou sem taça, por méritos de bola rolando.

O resto é politiquês.

Blog dos Números disse...

Olá amigos,

Volto a tecer alguns comentários já realizados durante os textos publicados:

1. O fato do Sport ter jogado contra Bangu, Guarani, etc..não tem nada a ver com a legitimidade do título. Vale lembrar que coincidentemente o adversário da semifinal, Bangu, foi o vice de 1985. O Guarani, foi o vice de 1986.

2. Por mais que o Clube dos 13 na época tivesse como objetivo trazer uma nova realidade ao futebol brasileiro jamais poderia alijar da competição 14 times que no ano anterior tinham o legítimo direito de disputar a primeira divisão. Desses, 6 jamais conseguiram usufruir desse direito.

3. Um grupo de 16 times que exclui o vice-campeão do ano anterior e o 4º colocado e convida o 44º por exemplo, não tem direito algum de se proclamar como primeira divisão do campeonato nacional.

4. O fato de não ter sido concluída a disputa entre Sport e Guarani na final do módulo amarelo não impediria em nada a realização do quadrangular, que previa a disputa entre os finalistas de cada módulo.

5. Flamengo - campeão Copa União. Sport - Campeão Brasileiro.

sds,

Adethson Leite

Hagen disse...

Acima de tudo, de torcidas e cartolas, deve-se pensar nos jogadores. Ambos times se superaram, no seu campeonato, para serem declarados Campeao Brasileiro. A meu ver a unica medida que possa fazer justica a todos os jogadores, pela cagada que todos os dirigentes fizeram (CBF, Clube dos 13, e afins)e que eles nao tinham culpa alguma eh dividir o titulo. E pronto.

Tirar um titulo, por exemplo, de ZIco, que jogou no sacrificio todos os jogos finais, de Renato Gaucho, que queria se vingar de Tele, tirar o vice de Tafarell, heroi brasileiro nos penaltis, eh no minimo, falta de sensibilidade.

Aceita-se a cagada, e divide-se o titulo.
E sem desculpas de que, se nao tinha medo, porque nao jogou... as coisas nao sao tao simples assim

Hagen disse...

http://images.google.ie/imgres?imgurl=http://i.ytimg.com/vi/MHj-x6d45PQ/default.jpg&imgrefurl=http://youtube.com/watch%3Fv%3DzKTNiuotkOA%26feature%3Drelated&h=100&w=122&sz=3&hl=en&start=16&sig2=IAJMe1BfNXFKJsVCrKm8Fw&um=1&tbnid=2865Yk4JACstjM:&tbnh=73&tbnw=89&ei=9Np4SOmiM4PqwwGZ4Pl0&prev=/images%3Fq%3Dflamengo%2B1987%26um%3D1%26hl%3Den%26client%3Dfirefox-a%26rls%3Dorg.mozilla:en-US:official%26sa%3DG

esse time sobrava.

Rafael disse...

Concordo que o Flamengo é campeão do módulo verde, mas o Sport foi o campeão do módulo amarelo, junto com o Guarani. Não houve campeonato brasileiro em 1987. Algumas informações que eu acho que faltaram na sua explanação: 1 - O fato de que os campeonatos começaram em momentos distintos (o flamengo foi campeão em 87 e o sport só em jan/88, quando iria acontecer o quadrangular); 2 - A CBF deu carta branca ao clube dos 13 para eles organizarem a competição (não estou defendendo o c13, só colocando os fatos); 3 - O documento assinado previa que o quadrangular iria definir o representante da Brasil na Libertadores de 1988. O campeão do módulo verde seria considerado o campeão brasileiro de 1987. No entanto, como o Inter e o flamengo se recusaram a jogar, a CBF, como forma de punição, declarou o Sport e o Guarani, campeão e vice do campeonato brasileiro de 1987 (competição que eu volto a repetir, não existiu).

De qualquer forma, foi um bom levantamento sobre um período negro do futebol nacional.

Henrique Assunção disse...

Eu sou carioca .. flamenguista de coração, mas acima de tudo realista , é indiscutível os fatos, eles estão aí, a maioria dos times que fizeram a melhor campanha no ano anterior foram numa tentativa suja excluídos, creio dizer que os modulos verdes e amarelo estavam equilibrados e o título deveria ser disputado num quadrangular final.. Se mencionaram estrelas no modulo verde, existiam diamantes no modulo amarelo que mais tarde estouraram no cenário nacional. Por que meu Mengão você desistiu de jogar na reta final? infelizamente você não é penta (ainda?). É idiotice discutir esse assunto e tentar distorcer os fatos óbvios, o que nos resta a aceitar é que foi o Sport o verdadeiro campeão de 1987 pois jogou, o que eu num posso é afirmar que meu Mengão é campeão sem entrar em campo. Tenho que reconhecer que o resto é mídia sulista que em rede nacional quer populazizar os seus times e promover uma lavagem cerebral nos brasileiros. Favorecendo os populares ( que dão audiência e lucro ) e não os que realmente ganharam nas quatro linhas.

Anônimo disse...

me respondam por favor quem foi campeao do modulo amarelo? {2ªdisao] se na referida decisao dos penaltis foi GUARANI 11X11SPORT se nao vejamos nao teve campeao porque os clubes decidiram por conta própria acabar a final....

BEN HUR disse...

foram tantos erro que uma pergunta fica sem resposta : que venceu o módulo amarelo {ou 2ª divisão}? se o resultado nas cobranças de penaltis foram {11 x 11} e se o módulo amarelo era a 2ª então o sport nem foi campeão da 2ª por que foi empate nem na 1ª por que foi disputado pelo módulo verde e teve ganhador sim resumindo: FLAMENGO CAMPEÃO BR. E TEM MAIS: SPORT E GUARANI DEVERIAM VOLTAR A CAMPO PARA VER QUEM SERIA DE VERDADE E NÃO OR DECRETOO CAMPEÃO DA 2ª DIVISÃO UMA VEZ REPITO: FOI 11 X 11 [NOS PENAIS].....

Anônimo disse...

Vão se ferrar quem disser q o sport não é campeão de 87!!!

Anônimo disse...

O FLABOSTA ESTÁ DIZENDO Q É HEXA , SÓ SE ELE ROUBAR UM DOS TÍTULOS DO SÃO PAULO, DO PALMEIRAS OU SEI LÁ Q PORRA FOR , MAS É MUITO FÁCIL QUERER TIRAR O TÍTULO DO SPORT, SÓ PQ É DO NORDESTE. VÃO SE LASCAR PORRA DE FLAMERDA.

Anderson disse...

EU LI, RELI E SÓ CHEGO A UMA CONCLUSÃO, A CBF FOI UM ANTRO DE SACANGEM. ACHO QUE NA VERDADE O CAMPEONATO NÃO EXISTIU MESMO, SOU TORCEDOR DO SPORT CLUBE RECIFE, COM MUITO ORGULHO, MAS UM TÍTULO QUE NA REALIDADE NÃO EXISTIU, FOI DADO AO SPORT DE FORMA ABSURDA, NÃO DIGO QUE O FLAMENGO TENHA QUE SER O CAMPEÃO, PORÉM O SPORT TAMBÉM NÃO FOI. E A CBF SÓ NOS SAGROU CAMPEÃO NOS BASTIDORES POR CAUSA DA BRIGA POR PODER CONTRA O CLUBE DOS 13. NÃO POSSO NESSES TERMOS DIZER QUE SOU CAMPEÃO BRASILEIRO, SE NEM UM BRASILEIRO EXISTIU, REPITO. DE HOJE EM DIANTE JAMAIS VOU DIZER QUE SOU CAMPEÃO BRASILEIRO, MAS SOU SPORT ATÉ O FIM, CASÁ, CASÁ, CASÁ
PS: CBF SE QUISER BUSCAR SUA TAÇA PODE VIR E ENFIE ELA NO SEU CU, NÃO ACEITO PRODUTO DE FURTO, NÃO QUERO VER MEU SPORT INDICIADO POR RECEPTAÇÃO, LADRÕES RIDÍCULOS. HONESTIDADE ACIMA DE TUDO, CASÁ

Rogerio disse...

estão tirando um titulo de todos os times,as torcidas deveriam fazer faixas contestando.PRA SER HEXA TEM QUE SER PENTA.E a FIFA DIZ FAMENGO NÃO É PENTA. SE nos jogos de seus clubes as torcidas se pronunciarem com faixas,gritos peddindo que cbf se pronuncie,pode ser que a lei seja cumprida.OFICIAL;FIFA não reconhece os urubus carniça como hexa,.Pois nem na libertadores não puderam entrar no ano seguinte,mesmo assim tentaram c/corrupção entrar e não conseguirão.